UEMS e ITAIPU protagonizam com Mundo Novo o 3º lugar em Sustentabilidade no MS

0
Uems de Mundo Novo

A UEMS comemora com o município de Mundo Novo e a Itaipu Binacional o terceiro melhor desempenho entre todos os municípios de Mato Grosso do Sul no Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades (IDSC) segundo avaliação do Instituto Cidades Sustentáveis (ICS).

Ao longo dos últimos anos, através dos cursos de Tecnologia em Gestão Ambiental e Ciências Biológicas – Licenciatura da Unidade de Mundo Novo, iniciativas na área ambiental foram amplamente desenvolvidas pelos docentes e acadêmicos por meio de projetos de ensino, pesquisa e extensão em parceria com o poder público municipal de Mundo Novo e Itaipu Binacional.

PARCERIA

Dentre as atividades de extensão podemos citar algumas iniciativas desenvolvidas pelos discentes e docentes em parceria com a Prefeitura:

  • Ações relacionadas ao saneamento municipal, especialmente nas áreas relacionadas a vigilância sanitária, Plano de Resíduos Sólidos, Plano Municipal de Coleta Seletiva, Plano Municipal de Saneamento Básico; Epidemiologia, Controle de zoonoses; Comissão Municipal de ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti;
  • Ações relacionadas à conscientização e educação ambiental, tais como atividades alusivas ao “Dia Mundial da Água”, “Dia da Árvore”, “Dia do Meio Ambiente”, Programa “Rio Mais Limpo”, Programa “Cultivando Água Boa” e “Encontros e Caminhos” em parceria com a ITAIPU Binacional, eventos de educação ambiental tais como palestras, capacitações, bem como oficinas;
  • Eventos em escolas tais como palestras sobre solo, conservação de nascentes, qualidade da água, importância de recuperação de áreas degradadas;
  • Participação em eventos de proposição de novas medidas ambientais tais como Reuniões do Conisul, reuniões do Coletivo Educador, Conselho Municipal de Meio Ambiente, Conselho de Turismo; Conselho Municipal de Monitoramento e Avaliação do Plano Municipal de Educação e Formação de Educadores Ambientais – FEA;
  • Realização de eventos de divulgação científica e de ações de educação ambiental voltada ao público, tais como “Noite dos Morcegos”, visitas técnicas a unidades de tratamento de resíduos, unidades de conservação, ações práticas de recuperação de nascentes, Feira de Profissões e Encontro de Integração de Gestores Municipais;
  • Ações relacionadas a implementação da coleta seletiva no município, tais como elaboração de cartilhas e folders educativos, além de palestras e reuniões com lideranças;

Além disso, a parceria proporcionou a realização de estágios dos alunos de graduação voltados a atividades na área ambiental, desenvolvidos na secretaria de Meio Ambiente. Destacam-se também a realização de trabalhos de pesquisa nas mais diferentes áreas relacionadas a sustentabilidade ambiental, como:

– Análise sobre o gerenciamento de resíduos sólidos produzidos na área urbana e áreas rurais do município;

– Conscientização sobre animais errantes;

– Recuperação de nascentes (avaliação da vegetação e qualidade do solo);

– Análise do perfil socioeconômico e sustentabilidade de pescadores artesanais no Rio Paraná;

– Trabalhos que englobam a questão do manejo, preservação e conscientização ambiental sobre as Unidades de Conservação presentes no município;

– Sustentabilidade das áreas cultivadas com Sistema Plantio Direto;

– Levantamentos de fauna e flora em fragmentos florestais urbanos;

– Potencial de Ecoturismo do município de Mundo Novo;

– Destinação adequada dos resíduos de saúde pública;

– Caracterização e sustentabilidade do sistema de abastecimento de água do município;

– Índice de salubridade ambiental de Mundo Novo;

– Compostagem de resíduos orgânicos;

– Plantas Medicinais;

– Coleta seletiva;

– Ecologia Aquática em Unidades de Conservação do Município;

– Reciclagem de resíduos eletroeletrônicos;

– Importância do ICMS Ecológico.

O Gerente da UEMS Mundo Novo, Prof Dr. Leandro Marra, credita a conquista a importante e robusta parceria com o Município de Mundo Novo e a Itaipu Binacional. Parceiras estas que possuem “via de mão dupla” contribuindo com a formação dos acadêmicos dos cursos de Ciências Biológicas e Tecnologia em Gestão Ambiental, por meio das atividades de ensino, pesquisa e de extensão. É a UEMS exercendo sua missão institucional e contribuindo com a melhoria da qualidade de vida da população sul-mato-grossense. “Parabenizamos a Gestão Municipal de Mundo Novo pela conquista”, finaliza o professor.

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

O Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC-BR) é uma ferramenta para estimular e monitorar o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em diversas cidades brasileiras. Elaborado com base em mais de 80 indicadores, o índice atribui, para cada município, uma pontuação específica por objetivo e outra, a pontuação final de classificação das cidades, para o conjunto dos 17 ODS. Estes índices apresentam uma avaliação dos progressos e desafios dos municípios.

Mundo Novo ocupou a 399º posição na classificação geral brasileira, e o 3º lugar no Estado de Mato Grosso do Sul, sob critérios que envolvem vários trabalhos desenvolvidos no Município, como nas áreas de Educação, Saúde, Infraestrutura, Finanças, e, principalmente, Meio Ambiente.

Com a iniciativa do Instituto Cidades Sustentáveis, no âmbito do Programa Cidades Sustentáveis (PCS), espera-se gerar um movimento de transformação efetiva nas cidades brasileiras, orientar a ação política municipal e definir referências e metas com base em indicadores de gestão. É uma oportunidade para as cidades se integrarem a mais avançada agenda global de desenvolvimento sustentável, a Agenda 2030.

Desde 2015, esse Acordo Global passou a existir e foi assinado por autoridades dos 193 Estados-membros da Organização das Nações Unidas (ONU), incluindo o Brasil, e seu propósito se confirma em promover a prosperidade econômica, desenvolvimento social e proteção ambiental, o que requer participação ativa dos governos, sociedade civil e setor privado. Depois de passar pela revisão dos pares, também foi auditada pelo corpo científico da Comissão Europeia, o Centro Comum de Pesquisa (JRC, na sigla em inglês), confirmando a credibilidade do Acordo Global.

A UEMS/Mundo Novo desenvolveu também vários outros projetos com a Prefeitura de Mundo Novo a partir da parceria com a Itaipu Binacional e o Conselho dos Municípios Lindeiros, além de já ter implantado vários programas de cunho sustentável na Cidade. Dentre os projetos, um novo, a implantação da Unidade de Valorização de Recicláveis (UVR) está em andamento. Alguns dos trabalhos na parceria com a Itaipu são:

– Coleta Seletiva;

– Lixo Eletrônico;

– Escola Flores;

– Recuperação de Nascentes;

– Plantio de Mudas;

– Receitas Saudáveis (aproveitamento total dos alimentos);

– Adote sua caneca (substituição dos copos de plástico);

– Corrente do bem;

– Hortas Comunitárias;

– Implantação de Cisternas;

– Oficina de Grafite;

– Limpeza dos Rios (Paraná e Iguatemi);

– Levantamento de curva de nível;

– Cascalhamento das estradas.

Para o Superintende de Gestão Ambiental da Itaipu Binacional, Ariel Scheffer da Silva, o desempenho de Mundo Novo é fruto de um bom planejamento de ações voltadas à gestão ambiental territorial e à segurança hídrica, e, também, da qualidade dos parceiros que executaram as ações. Segundo Ariel, as parcerias contemplaram vários aspectos estruturantes que trouxeram resultados sólidos, tais como a formação humana, desde a educação ambiental à formação acadêmica, a pesquisa e a extensão, e ações práticas no território do Município como a estruturação da gestão de resíduos sólidos. O Superintendente destaca a relevância desta conquista: “sinal de um futuro sustentável para Mundo Novo”.

Rosária de Fátima Ivantes Lucca Andrade, vice-prefeita de Mundo Novo, destaca que é momento de alegria e sensação de dever cumprido. “Esta conquista simboliza o esforço e dedicação dos servidores municipais para o tema Desenvolvimento Sustentável. Não temos medidos esforços para avançar nesta área”. Rosária, reconhece e agradece o apoio da UEMS e Itaipu Binacional.  É a UEMS formando profissionais capacitados e a Itaipu contribuindo com os convênios são protagonistas nesta conquista.

 

 

Fonte: SulNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui