Riedel participa do 5º Fórum de Governos Subnacionais do Corredor Bioceânico

0

Evento promove integração e desenvolvimento sustentável entre Chile, Argentina, Brasil e Paraguai

 

O governador Eduardo Riedel e o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc), Jaime Verruck, participam do 5º Fórum de Governos Subnacionais do Corredor Bioceânico de Capricórnio, que acontece de 19 a 21 de junho nas cidades de Loma Plata (Boquerón) e Carmelo Peralta (Alto Paraguai).

O evento reúne delegações do Chile, Argentina, Brasil e Paraguai, com um total de mais de 600 visitantes.

O fórum, organizado pelos governos locais, tem como objetivo principal promover a integração, o desenvolvimento sustentável e explorar novas oportunidades de investimento.

A abertura oficial está marcada para o dia 20, na cidade de Loma Plata, com a presença de autoridades nacionais.

Jaime Verruck destacou o papel fundamental do fórum na mudança geopolítica da América do Sul, reunindo estados impactados pela Rota Bioceânica para discutir infraestrutura e desenvolvimento do setor produtivo.

“O fórum permite que estados subnacionais se apropriem do processo da Rota, discutindo desenvolvimento de pequenos negócios e capacidades produtivas”, afirmou Verruck.

Alfredo Sánchez, coordenador da Unidade de Execução do Projeto FONPLATA, enfatizou a importância de analisar novas oportunidades oferecidas pelo corredor e fechar acordos comerciais relevantes.

A programação inclui sessões plenárias, mesas de trabalho, conferências de negócios e uma visita às obras da ponte Bioceânica em Carmelo Peralta.

Os participantes também visitarão locais históricos e populações indígenas e menonitas da região.

Corredor Bioceânico

O Corredor Bioceânico do Eixo de Capricórnio é uma rodovia de mais de 3.000 km que conecta São Paulo aos portos chilenos de Antofagasta, passando pelo Chaco paraguaio.

No Paraguai, o trecho tem 532 km, com o primeiro trecho de Carmelo Peralta a Loma Plata já concluído.

A ponte entre Carmelo Peralta e Puerto Murtinho, no Brasil, está em andamento.

O fórum representa uma oportunidade para fortalecer a cooperação entre os países do corredor e promover o desenvolvimento sustentável, consolidando o Paraguai como ator chave na integração bioceânica.

Fonte: Vivianne Nunes
Capital News

Artigo anteriorSES é destaque em encontro nacional de saúde bucal
Próximo artigoDeputados debatem projeto que equipara aborto após 22 semanas a homicídio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui