Padrões de energia elétrica serão instalados na comunidade Mandela em Campo Grande

0

Começo das instalações foi autorizado pela prefeitura

 

A Prefeitura Municipal de Campo Grande autorizou o início da instalação dos primeiros padrões de energia elétrica na comunidade Mandela, situada no Jardim Talismã.

A ação será realizada com o apoio da concessionária Energisa e irá proporcionar acesso à eletricidade regular para os moradores e os insere na Tarifa Social, que tem como objetivo aliviar o ônus financeiro das famílias de baixa renda.

As obras no Jardim Talismã já estão com o processo de fundação concluído.

Dez unidades foram totalmente cobertas, até o momento, e outras 20 encontram-se em estágio avançado de alvenaria, com esquadrias e rebocos já finalizados.

As unidades restantes estão em fase de construção do baldrame e contrapiso.

O diretor-presidente da Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (Emha), Claudio Marques, afirma que o compromisso da gestão municipal é levar dignidade às famílias.

“Estamos muito satisfeitos em ver que as obras seguem a todo vapor, dentro do cronograma estabelecido.

Nosso compromisso é garantir que as famílias sejam atendidas dignamente e que tenham a oportunidade de realizar o sonho de todo brasileiro: ter um CEP, uma casa para chamar de sua.

Estamos trabalhando incansavelmente para que isso se torne realidade, assegurando que cada família tenha seus direitos reservados e desfrute de um lar seguro e confortável”.

A auxiliar de serviços gerais, Marlene Salazar de Lima, de 50 anos, explica que com a instalação dos padrões de energia elétrica a qualidade de vida deve melhorar.

“Agora vou ter energia sem medo de queimar minhas coisas.

Lá na comunidade os aparelhos queimavam direto devido à instabilidade.

Já perdi a conta de quantas TVs dessas de tubo tive que jogar fora, e nem me animava de comprar uma nova com medo de perder também.

Chuveiro quente e secador a gente não podia nem pensar em ter porque podia pegar fogo”.

Fonte: Mariana Piell
Capital News

Artigo anteriorLula aposta que economia em 2024 crescerá mais do que o previsto
Próximo artigoProjeto da Ageprev promove ciclo de palestras em Três Lagoas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui