Demanda de empresas despachantes aumenta cerca de 20% desde o início da pandemia

0

A redução no atendimento de serviços oferecidos por cartórios e pelo Detran, durante a pandemia da Covid-19, fez com que a procura pelo serviço de despachantes aumentasse em Mato Grosso do Sul. Segundo dados do Sindicato dos Despachantes Documentalistas de MS (Sindesp MS), o aumento da demanda desde o início da pandemia, em 2020, foi de 20%, o que levou a categoria a se adequar às novas exigências do mercado.“Apesar de ter sido um período difícil para todos, com muitas perdas e adequações no estilo de vida, tivemos essa valorização do nosso trabalho, com um aumento significativo nas demandas dos nossos serviços. Com o fechamento de cartórios, do Detran e até a redução do atendimento para o grande público, o profissional despachante desempenhou um papel fundamental nesse período, garantindo a continuidade de muitos processos, na emissão de documentos, ajudando a evitar filas e aglomerações em um momento em que precisávamos nos distanciar”, afirma o presidente do Sindesp MS, Márcio Barbosa de Carvalho.A pandemia também mudou alguns processos e fez com que os profissionais despachantes se adequassem rapidamente às novas exigências. “Tivemos que nos adequar a várias mudanças do nosso trabalho, que deixou de ser manual e passou a ser informatizado, fazendo grande parte dos atendimentos de forma on-line e digitalizada. E tudo isso foi importante para a nossa categoria, pois conseguimos mostrar a importância do nosso trabalho, facilitando a vida das pessoas e empresas, agilizando os processos burocráticos. E hoje, mesmo com o atendimento normalizado dos demais órgãos, continuamos com essa procura constante”, explica Márcio de Carvalho.Segundo dados do Detran-MS, o número de CNH’s (Carteira Nacional de Habilitação) emitidas entre janeiro e junho de 2022, em comparação com o mesmo período de 2020, seja para renovação ou primeira habilitação, teve um aumento de 155%. No primeiro semestre de 2020 foram emitidas 23.894 CNH’s e em 2022, 61.096.O diretor-presidente do Detran MS, Rudel Trindade, destaca a parceria entre a entidade e a categoria, para manter os bons resultados do setor. “Quando olhamos as estatísticas desse período da pandemia, é possível perceber que não tivemos redução dos serviços, mas sim um aumento, justamente por conta desse trabalho desempenhado pelos despachantes. Com isso também conseguimos manter nossa receita, que é fundamental para realizarmos nossos atendimentos. Ao longo desses últimos anos que estou à frente do Detran, as pautas de avanço e melhorias nos processos chegam até nós por meio dos despachantes, exemplificando a importância dessa parceria”, diz.Comemoração – Nesta quarta-feira, 27 de julho, o Sindesp MS promoveu um café da manhã, com a presença dos filiados, parceiros e autoridades, para comemorar o Dia do Despachante Documentalista. Com 42 anos de história, o Sindicato conta hoje com 65 associados e representatividade em todo Estado.O presidente do Conselho Regional dos Despachantes Documentalistas, Sebastião José da Silva, destacou o papel de relevância que os despachantes de Mato Grosso do Sul ocupam no cenário nacional. “É muito importante celebrarmos nossas conquistas e o trabalho que a categoria desenvolve no Estado, pois somos pioneiros em muitos avanços, como uma agência do Detran em nosso sindicato, que emite maior número de documentos no Estado, também o primeiro a ter um Conselho Regional e o primeiro a iniciar a digitalização dos emplacamentos. Portanto, hoje somos referência para o País”, comemora. O deputado estadual Gerson Claro, que já foi diretor do Detran MS, participou das comemorações e falou da importância da categoria. “Os despachantes são profissionais facilitadores. Hoje o tempo é muito escasso e poder contar com profissionais que exercem seu trabalho com competência e agilidade é muito importante. Como presidente do Detran tive a oportunidade de conhecer de perto o trabalho executado por eles, que é de extrema relevância”, afirma o deputado.

Fonte: Infinito Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui