Dourados vai disputar bocha e vôlei adaptado nos Jogos da Melhor Idade

0
Assecom

As equipes de bocha e vôlei adaptado de Dourados que irão disputar a primeira etapa dos Jogos Estaduais de Melhor Idade se reuniram nesta terça-feira (19) no Centro de Convivência da Pessoa Idosa André Chamorro, no Água Boa. Os atletas foram apresentados à secretária de Assistência Social, Daniela Hall, que mostrou satisfação em ver a retomada das atividades físicas entre os frequentadores do CCI.

 

No encontro, a professora Elizete Gomes, que vai chefiar a delegação douradense na competição que será disputada em Coxim, entre os dias 23 e 30 de setembro, orientou os atletas em relação aos jogos e recebeu as documentações solicitadas. Todos irão passar por exames médicos na primeira semana de agosto, outra exigência para que possam ser considerados aptos para os Jogos da Melhor Idade. “Temos que entregar toda documentação e exames médicos aos organizadores até o dia 15 de agosto”, explica.

 

Segundo Elizete, a escolha dos atletas para representar Dourados obedeceu a critérios específicos, mas a exigência da Fundesporte (Fundação de Esportes e Lazer de Mato Grosso do Sul), organizadora da competição, é que eles estejam vinculados aos programas sociais do Município. “As duplas de bocha venceram competições seletivas disputadas na última semana. Já os atletas do vôlei adaptado foram selecionados durante os treinamentos realizados durante o ano”.

 

Para a secretária Daniela Hall, mais que a expectativa pelos bons resultados, é ter as atividades esportivas e as competições de volta após o período de paralisação por causa da pandemia da covid-19. “Nosso trabalho é promover saúde, convivência e é uma honra ver esses atletas nos representando em competições pelo Estado. Retomamos as atividades esportivas e, em breve, teremos de volta os bailes no CCI”, conta.

 

Atletas

 

Na bocha, a técnica será a professora Andréia Guirardi. A dupla feminina é formada por Cleuza Nery e Marlene Portilho e a masculina por Ramiro de Lima e Roche Orlando. O vôlei adaptado feminino tem como técnico o professor Edmir de Souza e foram selecionadas as atletas Amélia, Lucimara, Sônia, Rosane, Iracema, Bete, Neiva e Beatriz. Além de chefiar a delegação, a professora Elizete vai ser a técnica no time masculino de vôlei adaptado e terá como jogadores Zanolla, Milton, Joeli, Rubens, Luiz, Lírio, Rodrigues, Paulo e Clóvis.

 

Para os interessados em praticar essas atividades esportivas supervisionadas pelos professores que atuam no CCI, basta comparecer aos locais de treinamento. “O vôlei adaptado faz seus treinos na quadra do Ceper 1º Plano sempre às segundas, quartas e sextas, entre 7h30 e 10h30. Já a cancha de bocha está disponível de segunda a quinta-feira de manhã e terça e sexta-feira à tarde. Todos são bem-vindos”, completa Elizete.

 

 

 

Fonte: CapitalNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui