Seleção Brasileira Feminina manifesta apoio à causa LGBTQIA+

0

A Seleção Brasileira Feminina está na Colômbia onde disputa a Copa América, competição que vale vaga na Copa do Mundo 2023, na Austrália e Nova Zelândia, e nas Olimpíadas de Paris 2024. Entre as vitórias sobre Argentina e Uruguai e a partida contra a Venezuela, nesta segunda-feira (18), as jogadoras do Brasil aproveitaram a folga na terceira rodada para um ensaio fotográfico em apoio à causa LGBTQIAP+ e reforçar a luta contra o preconceito e a violência em virtude da orientação sexual ou identidade de gênero.

 

Segundo nota da Confederação Brasileira de Futebol publicada em seu site oficial, “a iniciativa das atletas se une ao compromisso da CBF em promover ações para discutir punições mais severas contra qualquer tipo de discriminação”.

 

Ainda de acordo com a publicação, “As atletas que representam o país na Copa América Feminina entram em campo e erguem a bandeira da inclusão. Em um universo marcado por tantos tabus como o futebol, a manifestação reforça o direito da mais pura expressão do amor, livre e sem barreiras”. A CBF programou para agosto um seminário para discutir temas relevantes para a sociedade brasileira.

 

Copa América

 

Integrante do Grupo B, o Brasil venceu a Argentina por 4 a 0 e o Uruguai por 3 a 0. Enfrenta a Venezuela nesta segunda e fecha a primeira fase na quinta-feira (21) contra o Peru. Lidera a chave com seis pontos e busca mais duas vitórias para avançar na primeira posição e, na semifinal, jogar contra o segundo colocado do Grupo A.

 

 

 

 

Fonte: CapitalNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui