Suspeito de matar mulher a pauladas diz que estava drogado

0
Osvaldo Duarte/Dourados News

Suspeito de ter matado Maria da Penha Oliveira Neta, 34, há três semanas em Dourados,  Junio Benites Vaz, 38, confessou o crime durante depoimento nesta terça-feira (28). Ele alegou estar drogado no momento do crime.

 

Segundo informações do Dourados News, ele foi preso na última segunda-feira (27) em Caarapó e levado para Dourados.

 

Ele não apresentou detalhes sobre como aconteceu o crime nem as motivações. Apenas contou que estava sob efeito excessivo de entorpecentes e que foram parar na residência na rua General Osório onde dormiam após o uso de muito entorpecente e ele disse que durante a noite sem nenhum motivo ele acabou desferindo os golpes.

 

A polícia investiga uma possível relação amorosa dele com a vítima que se confirmada fará com que o crime seja classificado como feminicídio .

 

 

 

 

Fonte: CapitalNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui