Quem acredita que o Brasil vai ser feliz de novo dá bom dia aqui!

0

A deputada Natália Bonavides (PT-RN), acordou inspirada e em devaneio lascou em seu Twitter a frase que serviu de título deste artigo.

É falacioso dizer que na época do governo petista o país era feliz. Ao contrário, a corrupção minava as instituições públicas, inclusive a Petrobras foi saqueada pela companheirada. Menos empolgação e mais sensatez, deputada!

Lula é um político que deveria ser desacreditado e esquecido por seu comportamento não republicano, apurado na Lava Jato. Lula está em liberdade graças ao claudicante STF, que muda de decisão ao sabor do freguês.

Lembramos (1) que Lula foi condenado por corrupção em três instâncias por magistrados e não por juízes de futebol e (2) que o STF não o absolveu pelos crimes que lhe foram imputados, apena, sem julgamento do mérito, considerou Curitiba como sendo foro incompetente para julgar os casos da Lava Jato envolvendo o ex-presidente.  ​

Lula deveria explicar como um político, vivendo só de política, pode ostentar situação patrimonial confortável. Isso mostra que vale a pena ser político no país, pois o enriquecimento ilícito não gera punição.

O ex-presidente Lula e a claque petista fingem desconhecer que o PT deixou o país à beira da bancarrota, com mais de 13 milhões de trabalhadores desempregados, empresas falidas, inflação alta, descrédito na comunidade financeira internacional, Petrobras saqueada, sem esquecer que a plebe, por sugestão do PT, foi às compras, viajou de avião etc. e depois ficou com a dívida espetada no SPC por não poder pagar.

O país precisa eleger presidente, que não seja Lula ou Bolsonaro, de conduta ilibada e tenha como plataforma a educação, saúde, segurança, habitação, geração de emprego, erradicação da miséria, saneamento básico de cidades onde o esgoto ainda corre a céu aberto, o respeito ao bioma Amazônia, às terras e povos indígenas, bem como manter relacionamento saudável com os países democráticos.

Portanto, em mais de 13 anos a gestão petista não teve competência para minimizar drasticamente a condição de miserabilidade de grande parcela de brasileiros descamisados, paupérrimos. O Brasil miserável continua o mesmo desde os governos petistas.

 

 

*Júlio César Cardoso; Servidor federal aposentado  – Balneário Camboriú-SC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui