Rose Modesto quer fomentar o empreendedorismo feminino com o Banco da Mulher Sul-Mato-Grossense

0

Cada vez mais, as mulheres são responsáveis pelo orçamento da casa e também por novos negócios. Esse é o caso da artesã Maria das Dores da Silva de Oliveira, 38 anos, mãe de três filhos, moradora de Jardim, que, após sofrer com violência do seu ex-marido, conseguiu sair dessa situação graças à ajuda de amigos que financiaram material para ela confeccionar seus artesanatos e conquistar sua independência financeira. “Eu sofri violência doméstica por cinco anos. Não larguei meu marido, pois não tinha como sustentar meus filhos e aguentei calada até conseguir minha independência financeira vendendo meu artesanato”, explica.

E para fomentar o empreendedorismo feminino em Mato Grosso do Sul, a pré-candidata ao governo do Estado, deputada federal Rose Modesto (União Brasil), quer criar o Banco da Mulher Sul-Mato-Grossense, para empoderar e ajudar as mulheres no sustento de suas casas. “O Banco da Mulher Sul-Mato-Grossense é uma ação que eu quero implementar no nosso Estado. Nas conversas que tivemos no MS QUE QUEREMOS, ficou evidente a falta de fomento ao empreendedorismo feminino. O banco já está previsto no nosso plano de compromissos que será entregue em agosto à Justiça Eleitoral”, explica a pré-candidata.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui