PMA prende traficante que contrataram taxista de Naviraí para busca-los na fronteia

0
Foto: Divulgação/PMA

Dois traficantes moradores no estado de Santa Catarina, para tentar burlar a fiscalização policial, contrataram um taxi da cidade de Naviraí, para leva-los e dois buscá-los na cidade de Coronel Sapucaia, a fronteira com o Paraguai, aonde eles adquiriram 12,5 kg de maconha. A taxista não sabia do plano dos traficantes.

Na manhã de sexta-feira (17), uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Amambai, que trabalha na operação Corpus Christi, realizava fiscalização ambiental no município, na rodovia MS 156 e abordou um veículo táxi Chevrolet Onix Sedan, de Naviraí, conduzido pela sua proprietária.

Os Policiais perceberam que dois passageiros que estavam no veículo ficaram nervosos com a abordagem. Eles foram identificados como sendo Ariel Josué Nardes, de 20 anos e Bruno Fagundes Santin de 22 anos, ambos moradores na cidade de Palma Sola (SC).

Ao verificar no porta-malas a bagagem que eles transportavam, os policiais encontraram seis tabletes de maconha, que pesaram 12,5 kg de maconha. A taxista não sabia o que os passageiros transportavam nas malas.

Os traficantes afirmaram que o taxi foi contratado após pesquisa no aplicativo, Google, de forma aleatória. Na segunda-feira (13), eles foram levados pela taxista para a cidade de Coronal Sapucaia. Já na sexta-feira (17), após comparem a droga pelo valor de R$ 2.000,00 a dupla ligou novamente para a taxista para buscá-los e traze-los até Naviraí de onde eles seguiram de ônibus com o entorpecente para a cidade onde residem.

Os policiais deram voz de prisão aos traficantes que conduzidos, juntamente com a droga, à Delegacia de Polícia Civil de Amambai, aonde eles foram autuados pelo crime de tráfico de drogas.

 

 

 

Fonte: JornalDoConesul

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui