Lei: ALEMS institui Prêmio Meninas Olímpicas às estudantes de escolas públicas

0
Foto: Luciana Nassar

Alunas das redes públicas de ensino em Mato Grosso do Sul que participaram de olimpíadas científicas brasileiras serão homenageadas pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), com a instituição do Prêmio Meninas Olímpicas, criado nesta quarta-feira (8), por força da Lei 5.890/2022.

Publicada no Diário Oficial do Estado, a nova lei é de autoria de deputada Mara Caseiro (PSDB), líder do Governo na Casa de Leis, e visa “reconhecer o esforço e dedicação das estudantes do sexo feminino”. O Prêmio será entregue a alunas do sexto, sétimo, oitavo e nono anos do Ensino Fundamental e dos três anos que compõem o Ensino Médio.

A deputada Mara Caseiro justifica que reconhecer as participantes do sexo feminino é necessário. “Apenas 10% de meninas são premiadas nas principais olimpíadas científicas do Brasil e menos de 5% nas olimpíadas internacionais. O aumento da representatividade feminina nas áreas da Ciência e Tecnologia significa impactar o interesse de meninas e sua disposição para seguir essas carreiras, afetando diretamente o mercado de trabalho e o futuro da ciência brasileira”, considerou a parlamentar.

As direções de cada instituição de ensino selecionarão duas alunas de cada nível e área de conhecimento da olimpíada científica participante e encaminharão a  Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres para deliberação que, por sua vez, remeterá à ALEMS.

A homenagem também passa a constar no o Calendário Oficial de Eventos do Estado de Mato Grosso do Sulo Dia Estadual das “Meninas Olímpicas”, a ser comemorado todo dia 21 de março. Com isto, o Poder Legislativo realizará uma solenidade de entrega do prêmio anualmente próxima a data e disponibilizará os nomes e as fotografias de cada premiada em seu site oficial pelo www.al.ms.gov.br.

 

 

 

Por: Fernanda Kintschner

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui