Ex-governador de Rondônia e técnicos agrícolas visitam ALEMS

0
 Foto: Mariana dos Anjos

Na tarde desta terça-feira (7), o deputado e presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), Paulo Corrêa (PSDB), recebeu a visita de cortesia do ex-governador e ex-senador por Rondônia, Valdir Raupp, do Osvaldelino Escobar e do presidente do Conselho Federal dos Técnicos Agrícolas (CFTA), Mário Linberger.

Durante o encontro foi destacado os compromissos do Conselho Federal dos Técnicos Agrícolas (CFTA), instituído pela Lei nº 13.639/2018. Com sede em Brasília, o órgão é responsável por disciplinar o exercício da profissão de Técnico Agrícola. “Nós viemos apresentar para a Casa Legislativa de Mato Grosso do Sul o nosso Conselho Federal, que é relativamente novo. Não podíamos deixar de visitar a ALEMS, onde se faz os debates democráticos e as pautas que regem esse pujante Estado. Para nós é muita alegria e satisfação estar aqui”, destacou o presidente do CFTA, Mário Linberger.

O ex-governador e ex-senador por Rondônia, Valdir Raupp, comentou que esteve em novembro passado com o Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para discutir a pauta de interesse dos técnicos agrícolas. “É muito bom visitar o Mato Grosso do Sul, Estado que eu admiro pela sua capacidade de crescimento, de geração de empregos e da área de saneamento. Eu sempre falava nos meus pronunciamentos sobre os exemplos de saneamento do MS, que é um dos Estados referências para o Brasil. E com certeza isso é fruto do trabalho do Presidente desta Casa de Leis e de tantos outros deputados que batalham para o desenvolvimento deste Estado.

Valdir Raupp explicou que o Conselho da categoria foi instalado recentemente. “Viemos aqui defender o Conselho Federal dos Técnicos Agrícolas com o presidente da ALEMS, um deputado experiente, com sete mandatos, e também com o deputado Barbosinha (PP), que tem defendido a categoria desses técnicos, um contingente de mais de 250 mil profissionais em todo Brasil”, finalizou.

 

 

Por: Aline Kraemer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui