Naviraí – PRF prende dupla com carro furtado carregado de drogas

0
Ao todo foram apreendidos 101 (cento e um quilogramas) de maconha, 2,800 (dois quilogramas e oitocentos gramas) kg de skunk.

A PRF (Policial Rodoviária Federal), da base operacional de Naviraí, realizou ontem (24), a prisão de dois indivíduos que estavam transportando mais de 100 kg de drogas em um veículo furtado.

Segundo o boletim de ocorrência, uma equipe da PRF durante trabalhos de fiscalização na altura do KM130, da BR 163, no município de Naviraí, deu ordem de parada para o condutor de um veículo Ford/Ka de cor prata, que seguia em alta velocidade pela rodovia.

Durante a abordagem foi constatado que o veículo era conduzido por Samuel Ferreira Santos, de 26 anos que tinha como passageiro Breno Luiz Vieira Felix de 27 anos. Ambos passaram a demonstrar nervosismos durante a abordagem, o que levou os policiais a solicitar que abrissem o porta malas do veículo, para realizar uma busca minuciosa.

Ao abrirem o portal malas, os policiais encontraram dentro do mesmo, quatro fardos e uma mala, contendo maconha e skunk. Ao serem questionado sobre as drogas, Samuel e Breno disseram que pegaram o veículo em Belo Horizonte/MG, e foram até Caarapó onde deixaram o mesmo próximo de um posto de combustível na BR, o pegando depois já carregado como a droga.

Ao todo foram apreendidos 101 (cento e um quilogramas) de maconha, 2,800 (dois quilogramas e oitocentos gramas) kg de skunk.

Segundo a dupla cada um receberia R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) pelo transporte da droga, após deixarem o veículo com a droga em um local que ainda seria combinado com outro indivíduo.

Em checagem foi constatado pela equipe da PRF que o veículo Ford/Ka apresentava indícios de adulteração e que o mesmo havia sido furtado em Belo Horizonte/MG, na data de 06/05/2022.

Samuel e Breno receberem voz de prisão e foram conduzidos pela PRF para o 1ª DP (Delegacia de Polícia Civil) de Naviraí, aonde a dupla foi autuada em flagrante pelos crimes de receptação, tráfico de drogas e associação ao tráfico.

 

 

 

Fonte: JornalDoConesul

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui