Governo do Estado inicia distribuição de 80 mil cobertores que vão aquecer população carente

0

Antecipando-se à chegada do inverno, o Governo de Mato Grosso do Sul dá largada nesta terça-feira (24) à distribuição de 80 mil cobertores aos 79 municípios, somando 490 mil doados desde 2017. A entrega será feita pelo governador Reinaldo Azambuja, às 10 horas, na Rede Solidária do Jardim Noroeste (Rua da Conquista, n° 683). 

Neste primeiro dia, serão destinados 27.390 cobertores a 36 municípios: Anastácio (1.080 unidades), Angélica (519), Aquidauana (1165), Aral Moreira (729), Bandeirantes (347), Bela Vista (1167), Bodoquena (544), Bonito (391), Caracol (444), Corguinho (357), Corumbá (3.007), Coxim (1.511), Deodápolis (413), Dois Irmãos do Buriti (806), Eldorado (553), Guia Lopes da Laguna (791), Ivinhema (477), Jaraguari (280) e Jardim (563).

Também recebem hoje: Jateí (333), Juti (717), Ladário (684), Laguna Carapã (514), Miranda (2.131), Mundo Novo (635), Nioaque (821), Nova Alvorada do Sul (652), Porto Murtinho (350), Ribas do Rio Pardo (652), Rio Negro (301), Rio Verde (1.004), Rochedo (417), São Gabriel do Oeste (522), Selvíria (311), Sidrolândia (1.887) e Terenos (315).

A distribuição por municípios foi deliberada pelo Conselho Estadual de Assistência Social (CEAS) e pactuada na Comissão Intergestores Bipartite da Assistência Social (CIB). Ela considera o número de pessoas mais vulneráveis em situação de extrema pobreza, de acordo com CadÚnico (Cadastro Único); o tamanho do Município; e a presença de população indígena no território conforme dados do IBGE 2010 e do Distrito Sanitário Especial Indígena de Mato Grosso do Sul.

Para a Defesa Civil de Mato Grosso do Sul foram destinados 1,5 mil unidades, que serão usadas em atendimentos específicos por meio do órgão, que muitas vezes alcança localidades de difícil acesso. Os cobertores são de casal, 100% poliéster, e foram adquiridos com recursos oriundos do FIS (Fundo de Investimento Social), por meio da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho). O investimento foi de R$ 3,235 milhões.

Além da compra de cobertores, o Governo do Estado também arrecada e distribui mantas, agasalhos, luvas, cachecóis, camisas, meias, sapatos e outros itens de inverno novos ou em bom estado de conservação por meio da Campanha do Agasalho dos Servidores Públicos “Aqueça Uma Vida”.

A estação mais fria do ano começa em 21 de junho e vai até 22 de setembro.

Paulo Fernandes, Subcom

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui