Quadrilha que manteve vítimas em cárcere é preso

0
Divulgação/PCMS

Quatro homens foram presos em flagrante na noite do dia 30 de março deste ano. Eles são acusados de praticarem um roubo em uma residência em Dourados, mantendo as vítimas em cárcere, para subtrair aproximadamente R$ 100 mil em joias.

Trabalho investigativo e as prisões foram desenvolvidos por uma equipe da Seção de Investigações Gerais (SIG) e Núcleo Regional de Inteligência (NRI), da Delegacia de Polícia Civil de Dourados.

De acordo com as informações, os policiais identificaram os quatro autores que na noite do dia 30, aterrorizaram um casal de idosos, após invadir a residência e os manterem refém, por cerca de quarenta minutos, para execução de um crime de roubo em que os criminosos levaram um veículo Honda HRV e quase 1000 gramas de ouro. Logo após o conhecimento do crime os investigadores foram a campo, realizando diversas diligências, além de contar com o apoio da perícia para análise de local do fato.

Após quase 48 horas de ações contínuas, na manhã de sexta-feira, 1º de abril, por volta 10h as equipes chegaram a um dos autores que era um masculino menor de idade, sendo que em sequência localizaram outros dois envolvidos. Com os três capturados foram encontrados mais de 200 gramas de ouro. Ainda na manhã sexta, o veículo também foi localizado com apoio da Polícia Militar.

Durante as investigações chegou-se à identificação do quarto envolvido no crime. De acordo com as informações da polícia, além do ouro foram recuperados outros objetos da vítima como documentos pessoais, aparelhos celulares e balança de precisão utilizada para comércio do ouro. Com os investigados também foi encontrado um simulacro de arma de fogo utilizado no crime. Os envolvidos foram presos em flagrante pelo crime de roubo majorado.

 

 

 

Fonte: CapitalNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui