Tereza Cristina confirma saída do governo para disputar Senado

0
Alan Santos/PR

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a sul-mato-grossense Tereza Cristina, confirmou nesta terça-feira (29) que deixará a pasta no início de abril para concorrer às eleições de outubro. Deputada federal licenciada, ela trocou o União Brasil pelo Progressistas e deve disputar a vaga aberta no Senado Federal pelo Mato Grosso do Sul.

 

Tereza Cristina participou de evento com o presidente Jair Bolsonaro (PL) na Fazenda Itamaraty. Durante sua fala, ressaltou a importância da agricultura brasileira, que chamou de “celeiro do mundo” e disse que achou o presidente maluco quando a convidou para o cargo. “Você me conhecia pouco. Eu era uma deputada de presidente da Frente Parlamentar de Agricultura e me confiou esse trabalho. Não é pouco, confesso que achei que o senhor era maluco quando me convidou. Trabalhamos por um propósito maior, de unir a agricultura brasileira num só ministério”, disse.

 

A ministra deixa o governo junto com outros expoentes do primeiro escalão para a disputa das eleições de outubro. Entre eles estão o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que se filiou no Republicanos, junto com Damares Alves, ministra da Mulher e da Família. Tarcísio deve disputar o governo de São Paulo, enquanto Damares pode disputar o senado pelo estado do Amapá.

 

 

 

Fonte: CapitalNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui