São Paulo e Palmeiras fazem apenas a terceira final de paulistão na história; Tricolor leva a melhor

0

Em uma história que remonta os anos 1930, quando o São Paulo foi fundado, o clássico Choque-Rei, como um São Paulo x Palmeiras é conhecido, só teve até hoje duas finais diretas pela disputa do título do Campeonato Paulista. E esses confrontos, com vantagem do Tricolor por 2 a 0, são considerados recentes levando em conta a idade de cada clube – o Verdão, ainda como Palestra Itália, surgiu em 1914.

A decisão do Paulistão do ano passado colocou os rivais em uma final depois de mais de 29 anos. O São Paulo arrancou um empate sem gols, fora de casa, e venceu por 2 a 0 no estádio do Morumbi. Antes disso, os rivais tinham se enfrentado em 1992 e o Tricolor se deu bem mesmo com a disputa do Mundial Interclubes, no Japão, contra o Barcelona entre as duas partidas. Venceu as duas em sua casa – 4 a 2 e 2 a 1.

Em toda a história do confronto, as duas equipes já se enfrentaram em nove oportunidades para decidir um título e o retrospecto está empatado com quatro taças para cada um. Pelo Paulistão, o Palmeiras bateu o São Paulo nos anos 1942, 1950 e 1972 (invicto) e no Brasileirão em 1973, em um quadrangular final. Já o Tricolor conseguiu vencer nos anos 1943, 1971, 1992 (na primeira final direta) e em 2021.

Com relação ao histórico de jogos, muito equilíbrio no confronto. Após 333 partidas, o São Paulo ganhou 112 vezes, contra 111 do Palmeiras, e 110 empates. O Verdão leva a melhor no número de gols marcados: 435 contra 433.

 

 

Fonte: Gazetaesportiva.net

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui