Facebook decidiu remunerar criadores de conteúdo

0
Foto de Glen Carrie - Unsplash.com

Até o final de 2022 o Facebook pretende pagar US $1 bilhão de dólares para os usuários que criam conteúdo para as suas redes sociais. O mercado enxerga essa medida como uma reação da plataforma já que o seu rival, TikTok, se tornou o primeiro aplicativo móvel a atingir 3 bilhões de downloads globais.

Não é de hoje que o TikTok vem causando incômodo no Facebook. A plataforma investe e remunera os maiores nomes criativos e ainda estimula financeiramente o usuário, a indicar uma pessoa para fazer parte da grande comunidade. E como tudo na vida muda, chegou a hora do Facebook mudar também e partir para esta etapa do jogo.

A agência Reuters pontuou que os investimentos do Facebook incluirão programas de bônus para pagar aos criadores que atingirem certos marcos em seus aplicativos, incluindo o serviço de compartilhamento de fotos Instagram, e financiar os usuários para produzir conteúdo.

Já o site CNBC informou que, de acordo com o próprio CEO, Mark Zuckerberg, eles planejam lançar espaços dedicados em seu aplicativo do Instagram no verão e no aplicativo do Facebook no outono, onde os criadores podem ir e aprender mais sobre os bônus e como trabalhar na plataforma.

O lançamento está previsto para acontecer nos Estados Unidos ainda este ano.  Não há uma data para começar a rodar aqui no Brasil.

E para trazer em primeira mão para vocês este assunto, eu resolvi convidar o profissional de marketing, Guilherme Olbened, direto de New Jersey, para falarmos um pouco mais sobre esta novidade e como as equipes e os profissionais de marketing precisam se atualizar sobre esse novo desafio.

O episódio vai ao ar amanhã, às 20h, no podcast Identidade Digital.

Te espero lá!

 

 

Fonte: CapitalNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui