Direto ao Assunto: Mara Caseiro fala da importância de combater a violência de gênero

0
Foto: Victor Chileno

No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, 08 de Março, a deputada Mara Caseiro do PSDB é a entrevistada da semana do programa Direto ao Assunto da Rádio ALEMS e fala sobre seus desafios como parlamentar ao trazer o olhar feminino à política. Para ela, a Casa de Leis deveria ter pelo menos 50% de mulheres para de fato ser uma representação da sociedade.

Mara é a líder do governo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul e ao reassumir uma vaga em 2021 apresentou projetos criando o Dia Estadual de Combate ao Assédio Moral e Sexual contra Mulheres em Ambiente de Trabalho e outro instituiu a campanha “Sinal Vermelho”.

De acordo com a parlamentar a mulher ainda sofre com o assédio moral e sexual em ambiente de trabalho e ter um local tranquilo para exercer sua profissão é fundamental para o seu desenvolvimento. Já o “Sinal Vermelho” é um pedido de socorro, busca divulgar cada vez mais que um “X” marcado mão, num papel ou mesmo falar “sinal vermelho” é um alerta de que a mulher está sofrendo algum tipo de violência e é impedida de se comunicar.

Dessa maneira, a campanha visa criar uma rede de proteção para que a mulher possa pedir socorro e ser acolhida, seja em uma farmácia, um supermercado, padaria ou onde mais possa ser compreendida.

“Essas leis são importantes porque quanto mais nos respeitarmos, quanto mais trouxermos à tona direitos iguais para homens e mulheres eu acredito que a gente está ajudando a transformar a nossa sociedade numa sociedade mais justa. Nós queremos que essa mensagem chegue para os homens, não dá para no século XXI nós vermos mulheres perdendo as suas vidas apenas por serem mulheres”, completou Mara Caseiro.

 

 

 

Por: Lilian Veron

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui