Alvo de inquérito, time de Naviraí nega desvio de recursos públicos e litígio com funcionários

0
Naviraiense (de laranja) disputa o Estadual 2022 - Fundesporte

Por meio de nota, o Clube Esportivo Naviraiense se manifestou sobre o inquérito instaurado pelo MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) para apurar suposto desvio de R$ 70 mil dos cofres públicos, que teria sido praticado por meio de um termo de fomento. A diretoria nega irregularidades e afirma que mantém a transparência.

O clube alegou ser “descabido” supor que o convênio firmado com a prefeitura, no total de R4 70 mil, seria o suficiente para bancar 100% das despeas na temporada de 2017. “Na época representou menos de 30% do custo da equipe na temporada”, afirma.

Disse ainda que, diferente do que foi exposto, nenhum funcionário foi à Justiça contra o Clube por falta de salário, como citado na referida matéria. “O que ocorreu de fato, foi uma ação movida por um atleta que alegou não ter havido assistência quanto a um tratamento (Fisioterapia)”, explica.

Alega que foi feito um acordo acordo  entre as partes e que o referido atleta fez parte do elenco que disputou a Série B de 2021 e permanece no clube na atual temporada. “[…] sendo portanto, um dos atletas que compõem o elenco atual que está disputando o Campeonato Sul-Mato-Grossense da Série A de 2022”.

Inquérito

O MPMS instaurou inquérito para investigar suposto desvio de recursos públicos destinados ao Naviraiense para disputa do Campeonato Estadual de 2017. A suspeita é de que os R$ 70 mil autorizados pela prefeitura não tenham sido destinados às finalidades para as quais foram empenhados.

O edital das investigações foi publicado no Diário Oficial do MPMS desta quarta-feira (09), assinado pelo promotor Daniel Pívaro Stadniky, da 2ª Promotoria de Justiça daquela comarca. O procedimento está disponível para consulta pública. Consta nos autos que em abril de 2017, o município e o Naviraiense assinaram termo de fomento, para custeio de despesas.

O objetivo era que os valores fossem usados para gastos com manutenção do clube, materiais esportivos, medicamentos, alimentos, transporte, água, luz, telefone, pagamento de funcionários, pagamento de premiações a jogadores, serviços contábeis, serviços advocatícios, taxas da Federação de Futebol e outras despesas correlacionadas.

Tal repasse foi necessário, uma vez que o clube não tem quadro de associados e nem outra fonte de renda que permita participar das competições, tanto no profissional quanto nas categorias de base, sem apoio do poder público. No entanto, foi identificado que atividades para as quais o termo de fomento foi firmado não estavam sendo adimplidas como esperado.

Por este motivo, o promotor instaurou inquérito para apurar o que foi feito com o dinheiro e responsabilizar os envolvidos por eventual irregularidade. “Apurar a notícia do desvio de recursos públicos por ocasião da execução do Termo de Fomento n 01/2017, firmado pelo Município de Naviraí com o Clube Esportivo Naviraiense em 19/04/2017”, lê-se no edital.

Nota na íntegra

“NOTA DE ESCLARECIMENTO
Sobre uma notícia veiculada nesta quarta-feira (09/03), o Clube Esportivo Naviraiense esclarece que encara com a maior naturalidade, pois sempre agiu e seguirá agindo de forma clara e transparente. No entanto o clube entende ser descabido supor que um convênio de R$ 70 mil, fosse suficiente para bancar 100% das despesas do Clube na temporada de 2017, quando o termo foi celebrado. Na época representou menos de 30% do custo da equipe na temporada.

O Clube Esportivo Naviraiense esclarece ainda que: nenhum funcionário foi a justiça contra o Clube por falta de salário, como citado na referida matéria.

O que ocorreu de fato, foi uma ação movida por um atleta que alegou não ter havido assistência quanto a um tratamento (Fisioterapia).

O Clube esclarece que um acordo entre as partes foi firmado e o referido atleta fez parte do elenco que disputou a Série B de 2021 e permanece no clube na atual temporada, sendo portanto, um dos atletas que compõem o elenco atual que está disputando o Campeonato Sul-Mato-Grossense da Série A de 2022.

Por fim, o Clube Esportivo Naviraiense reafirma que no momento está com suas atenções voltadas para a partida do próximo domingo (13/03), contra o Dourados Atlético Clube (DAC), em que o Jacaré do Conesul depende apenas de si para se classificar para o Hexagonal final do Campeonato Estadual 2022.

Naviraí-MS, 09 de Março de 2022.

Clube Esportivo Naviraiense”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui