Preso por atacar mulheres em Campo Grande é liberado após apresentar laudo psiquiátrico

0
(Henrique Arakaki, Midiamax)

O rapaz, de 23 anos, que havia sido preso em Campo Grande, no bairro Vila Serradinho, depois de atacar mulheres na região, acabou sendo liberado após ser levado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), nessa segunda-feira (7).

Segundo a delegada Joilce Ramos, o rapaz tinha um laudo de interdição da Justiça que diz que ele é inimputável, que tem esquizofrenia, sendo assim, nem autuado ele pode ser preso pela delegada.

Ainda segundo Joilce, o homem foi encaminhado para o Caps (Centro de Atenção Psicossocial) e espera pela vaga no hospital Nosso Lar. Ele havia sido encaminhado para a delegacia, após atacar várias mulheres na rua, posto de saúde e tentar estuprar uma moradora. Quatro vítimas reconheceram o autor.

A polícia foi acionada, por volta das 14 horas, para a região depois que mulheres relataram que o homem estava com o órgão genital para fora se masturbando. Uma agente de saúde contou que estava no estacionamento da unidade quando viu que o autor olhava para ela e se masturbava.

Antes disso, uma mulher, de 38 anos, contou que estava sentada com sua mãe na lateral de uma escola quando o homem chegou perto delas e passou a se masturbar. Com medo, as vítimas jogaram água nele, que fugiu.

Outra vítima disse que estava voltando para casa, quando o autor a abordou na rua com as partes íntimas para fora, dizendo que era um estupro. Com uma faca, ele tentou invadir a casa da mulher encostando-a contra o muro.

A mulher passou a gritar e uma vizinha foi ajudar. Elas conseguiram entrar e trancar o portão. O homem foi encontrado pelos policiais andando na rua e foi reconhecido pelas vítimas, sendo encaminhado para a delegacia.

 

 

 

Fonte: MidiaMax

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui