Aquidauanense, com um a menos, acaba com invencibilidade do DAC

0
Pedro, na etapa final, marcou o gol que valeu a vitória ao Azulão, mesmo com dez jogadores

Azulão perdeu Matheus no primeiro tempo, mas fez 1 a 0 no segundo, com Pedro

Fim de invencibilidade e liderança do Dourados AC no Campeonato Sul-Mato-Grossense. Neste sábado (5), pela nona rodada, o DAC foi batido pelo Aquidauanense FC, fora de casa, por 1 a 0 e, a classificação que estava próxima, passa a depender de bom resultado na última rodada. O time douradense não aproveitou a vantagem de jogar com um jogador a mais com expulsão de Matheus no fim do primeiro tempo e levou gol de Pedro, no segundo, em um dos raros ataques do Azulão.

 

A vitória em casa praticamente garante o Aquidauanense na próxima fase, já que o Coxim AC, que também pode chegar aos mesmos 13 pontos, tem um saldo de gols desfavorável em relação ao Azulão e apenas uma vitória improvável na última rodada com vantagem de sete gols o deixaria na frente. Com 12 pontos, o DAC está provisoriamente em segundo, mas perde a posição se o CE Naviraiense vencer o EC Águia Negra, neste domingo (6).

 

O Jogo

O primeiro tempo no Estádio Noroeste não foi dos melhores com os dois times fazendo os goleiros adversários pouco trabalharem. Emoção mesmo veio após os 40 minutos. Em jogada de contra-ataque, o lateral Matheus derrubou Jefinho, levou cartão amarelo, o seu segundo no jogo e foi expulso. Na cobrança, Jefinho procurou o ângulo esquerdo de Wellerson, mas o goleiro fez uma excelente defesa.

 

O segundo tempo começou com maior movimentação e o DAC quase marcou aos dois minutos. Mário Lúcio cobrou escanteio e Dudu cabeceou no canto, mas Jô evitou o gol. No contra-ataque, enquanto os jogadores douradenses ficaram pedindo pênalti no lance, o Azulão aproveitou uma bola perdida por Leandrinho no meio e Pedro, na saída de Matheus Gutz, bateu sem defesa, abrindo o placar.

 

Depois, na imposição, o Dourados melhorou e tentou pressionar em busca do empate. Mas a melhor oportunidade veio já aos 37 minutos em chute de Thiaguinho, que carimbou o travessão de Wellerson. Aos 43, Marquinhos Moura arriscou de fora da área e Wellerson evitou o gol de empate. O goleiro do azulão apareceu de novo aos 49 em novo chute de Marquinhos Moura, da meia lua, fazendo grande defesa e acabando com as chances de buscar o resultado o time de Dourados.

Fonte: Capital News

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui