Calleri decide novamente, e São Paulo vence o Corinthians em estreia de Vítor Pereira

0

O São Paulo segue invicto em clássicos sob o comando de Rogério Ceni. Neste sábado, o Tricolor recebeu o Corinthians, no Morumbi, pela décima rodada do Campeonato Paulista, jogo que marcou a estreia do técnico português Vítor Pereira, e não decepcionou os mais de 39 mil torcedores no estádio, saindo de campo com a vitória por 1 a 0, graças ao gol de Calleri, logo no primeiro minuto de jogo.

Com o resultado, o São Paulo se isolou na liderança do Grupo B, com 17 pontos, ficando mais próximo da classificação para o mata-mata do Estadual. O Tricolor também ampliou sua invencibilidade em clássicos, somando quatro vitórias em quatro jogos, sendo dois triunfos sobre o Corinthians, no Morumbi, um contra o Palmeiras, no Allianz Parque, e um contra o Santos, na Vila Belmiro. Calleri, que já havia garantido a vitória sobre o Água Santa com um gol de bicicleta na última rodada, foi bastante aclamado pela torcida são-paulina.

O Corinthians, por sua vez, perdeu seu segundo clássico no ano, já que também foi derrotado pelo Santos, por 2 a 1, e agora terá de ser paciente até o trabalho de Vítor Pereira, estreante neste sábado, começar a surtir efeito.

 

O jogo – O São Paulo abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo. Rodrigo Nestor desceu pela direita, chegou à linha de fundo e tocou para Calleri que, dentro da área, teve liberdade para dominar e bater firme, sem chances para o goleiro Cássio, que sequer foi na bola.

A partir daí o Corinthians tentou ter o controle do jogo. Precisando ir para o ataque em busca do empate, os visitantes passaram a pressionar o São Paulo e por pouco não empataram com Paulinho, que carimbou a trave ao completar cruzamento de Fagner. No minuto seguinte foi a vez de Piton ficar com a sobra e finalizar, contando com desvio de Arboleda, e ver Volpi fazer grande defesa.

De tanto insistir, o Corinthians até conseguiu balançar as redes aos 14 minutos com Roger Guedes, aproveitando o rebote da cabeçada de Giuliano, após cobrança de escanteio, mas o atacante alvinegro estava impedido.

O São Paulo passou a adotar uma postura mais cautelosa com a pressão corintiana, mas tentava aproveitar os espaços para contra-atacar. Aos 26 minutos, Calleri quase marcou seu segundo gol ao se antecipar e cabecear com perigo, obrigando Cássio a se esticar todo para espalmar. Já na reta final do primeiro tempo, Rodrigo Nestor foi outro são-paulino que exigiu ótima defesa do goleiro corintiano ao bater forte da entrada da área.

Segundo tempo

Assim como na etapa inicial, o São Paulo precisou de pouco tempo para assustar o Corinthians. Logo aos dois minutos, Gabriel Sara recebeu pela esquerda, passou pela marcação de Fagner, invadiu a área e soltou a bomba com o pé direito, que não é o bom e, por isso, mandou para fora, desperdiçando grande oportunidade de ampliar o placar.

O Corinthians tentava infiltrar na defesa são-paulina, mas encontrava dificuldades para superar o sólido esquema armado por Rogério Ceni. Mas, aos 24 minutos, os visitantes quase empatar em jogada de Willian, que levou para a linha de fundo e cruzou, contando com o desvio de Juan que quase surpreendeu Volpi, obrigado a socar para fora. Na sequência, após cruzamento, Jô cabeceou fraco, e o goleiro tricolor fez a defesa em cima da linha.

Na reta final do jogo, o São Paulo passou a criar chances de gol com mais frequência, já que sobrava espaço pelo fato de o Corinthians ter se jogado para o ataque. Em um dos contra-ataques, Juan conduziu a bola até a entrada da área e preferiu soltar a bomba ao invés de tocar para um de seus companheiros, carimbando a defesa rival. Depois, Rigoni recebeu livre pela esquerda, chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro, mas Bruno Melo chegou na hora “h” para fazer o corte, afastando o perigo. Assim, coube ao Corinthians se conformar com a derrota por 1 a 0 no Morumbi.

FICHA TÉCNICASÃO PAULO 1 X 0 CORINTHIANS

Local: Morumbi, São Paulo (SP)Data: 5 de março de 2022 (sábado)Horário: 16h (de Brasília)Árbitro: Flavio Rodrigues de SouzaAssistentes: Marcelo Carvalho van Gasse e Alex Ang RibeiroVAR: José Claudio Rocha Filho

Público: 39.213 torcedores.
Renda: R$ 1.786.390,00

Gols: Calleri, ao 1 do 1ºT (São Paulo)
Cartões amarelos: Rodrigo Nestor, Rigoni (São Paulo)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Rafinha, Arboleda, Léo e Welington (Diego Costa); Pablo Maia (Gabriel Neves), Rodrigo Nestor (Andrés Colorado), Gabriel Sara e Igor Gomes; Eder (Juan)  e Calleri (Rigoni).Técnico: Rogério Ceni.

CORINTHIANS: Cássio, Fagner (Gustavo Mosquito), João Victor, Gil e Lucas Piton (Bruno Melo); Du Queiroz (Cantillo), Paulinho, Renato Augusto e Giuliano (Jô); Willian e Róger Guedes.Técnico: Vítor Pereira

Fonte: Gazeta Esportiva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui