Lidio Lopes solicita reposição de medicamento para tratamento da leucemia

0

 

O deputado estadual Lidio Lopes encaminhou em caráter de urgência, pedido ao Governo do Estado, Ministério da Saúde e Hospital de Câncer de Campo Grande (MS) “Alfredo Abrão” informações a respeito da atual situação dos estoques do medicamento Mesilato de Imatinibe necessário para o tratamento de Leucemia Mielóide Crônica (LMC).

De acordo com pacientes, a medicação essencial no tratamento da Leucemia Mieloide Crônica encontra-se em falta, e o seu alto custo, uma vez que a caixa com 30 comprimidos custa em média R$ 1.638,00 dificulta o prosseguimento do tratamento.

“Como se sabem, por se tratar de uma medicação com um valor elevado, muitos pacientes necessitam da ajuda do Estado para poderem continuar com seu tratamento. A leucemia mieloide crônica (LMC) é um tipo de câncer não hereditário que se desenvolve na medula óssea e hoje, mais de 70% dos pacientes conquistam a remissão completa da doença, desde que tenha o tratamento adequado”, explica Lidio Lopes.

Conforme informado pelo Hospital, esse medicamento é fornecido pela Casa da Saúde, após o recebimento do Ministério da Saúde, todavia este órgão informou que a melhor previsão era a partir do dia 4 de fevereiro de 2022, mas até o momento não haviam recebido a remessa para distribuir aos hospitais de todo o Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui