Apesar de recuo em dezembro, comércio fechou 2021 com alta nas vendas

0
Movimentação no Centro de Campo Grande em dezembro. (Foto: Henrique Kawaminami)

Mesmo oscilando no começo de 2021 e acabar registrando queda em dezembro, o comércio de Mato Grosso do Sul terminou o ano em alta. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio divulgada nesta quarta-feira (9) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Conforme o levantamento, o volume de vendas no comércio varejista do Estado no último mês do ano caiu 0,2% na passagem de novembro para dezembro, depois recuo de 1,% em novembro. No entanto, o Estado manteve a 10ª maior variação entre as unidades da Federação.

As vendas no comércio varejista de MS registraram oscilação, principalmente nos primeiros meses doa no e no segundo semestre teve variação positiva e com isso, encerrou o ano com crescimento de 5,6%. Já no reajuste sazonal a alta foi de 4,1%, ficando a frente do Rio Grande do Sul (3,8%) e do Espírito Santo (3,8%).

Ainda conforme o IBGE, no comércio varejista ampliado, que inclui veículos, motos, partes e peças e de material de construção, o volume de vendas variou 0,8% comparado a novembro e avançou 6,7% em relação a dezembro de 2020 e acumulando alta de 11,5% no ano passado.

No País, quatro das oito atividades avançaram na série com reajuste sazonal. A variação total foi de 0,1% no volume de vendas do varejo no mês de dezembro com predominância de taxas no campo positivo entre os segmentos.

As atividades que avançaram foram: artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (3,2%); livros, jornais, revistas e papelaria (2,4%); móveis e eletrodomésticos (0,4%) e tecidos, vestuário e calçados (0,4%).

 

 

Fonte: Campograndenews

Artigo anteriorRecém-nascido deixado em porta de órgão público recebe alta de hospital
Próximo artigoJuiz cita terraplanismo e nega recurso a universitários contrários à vacina

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui