Amandinha é eleita a melhor do mundo no futsal pela 8ª vez; Ferrão leva o tri entre os homens

0
Amandinha e Ferrão, os melhores do mundo em 2021 — Foto: Divulgação

O reinado está mantido por mais uma temporada. Pelo oitavo ano consecutivo, a brasileira Amandinha foi eleita a melhor jogadora de futsal do mundo. E teve dobradinha brasileira nas categorias mais nobres do prêmio oferecido pelo site Futsal Planet. Pelo terceiro ano seguido, Ferrão levou o troféu de melhor jogador do planeta. Na categoria melhor goleiro, outra vitória do Brasil, já que o prêmio ficou com o paulista Guitta, titular da seleção.

Amandinha e Ferrão, os melhores do mundo em 2021 — Foto: Divulgação

Amandinha e Ferrão, os melhores do mundo em 2021 — Foto: Divulgação

Amandinha vem faturando o título de melhor do mundo ininterruptamente desde 2014. Aos 27 anos, ela deixou o Leoas da Serra no fim da temporada para atuar no Torreblanca, da Espanha. Pela equipe catarinense, a ala conquistou todos os títulos possíveis na modalidade: Taça Brasil, Copa do Brasil, Libertadores da América, Copa das Campeãs e o Intercontinental. Com a seleção, foi campeã mundial e da Copa América.

Pivô do Barcelona e da seleção brasileira, Ferrão concorreu com outros nove atletas, deixando o português Pany na segunda colocação. Outros brasileiros que apareceram na lista dos indicados foram: Babalu (naturalizado italiano), Pito e Rodrigo.

Na categoria melhor seleção masculina, deu Portugal, campeão mundial de 2021. O Brasil sequer entrou entre os 10 indicados. No feminino, vitória da Espanha. O português Jorge Braz foi eleito o melhor técnico de seleções masculinas do mundo. Na mesma categoria só que feminina, a espanhola Cláudia Pons faturou a taça.

Confira todos os ganhadores do Futsal Plantet 2021:

Melhor jogador do mundo: Ferrão (Brasil)

Melhor jogadora do mundo: Amandinha (Brasil)
Melhor seleção masculina: Portugal
Melhor seleção feminina: Espanha
Melhor goleiro: Guitta (Brasil)
Melhor goleira: Ana Catarina (Portugal)
Melhor clube masculino: Sporting (Portugal)
Melhor clube feminino: Burela (Espanha)
Melhor técnico de seleções masculinas: Jorge Braz (Portugal)
Melhor técnico de seleções femininas: Cláudia Pons (Espanha)
Melhor técnico de clubes masculinos: Nuno Dias (Portugal)
Melhor técnico de clubes femininos: Julio González (Espanha)
Melhor jogador jovem: Zicky (Portugal)
Melhor árbitro: Juan José Cordeiro Gallardo (Espanha)

Fonte: Globo.com

Artigo anteriorCondenado em duas instâncias por violência sexual de grupo, Robinho terá última batalha na justiça italiana
Próximo artigoGinasta que viralizou na laje treina com Rebeca no Flamengo: “Experiência incrível”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui