Ordem do Dia: Reajuste salarial dos servidores e mais 11 propostas são aprovadas

0
Sessões são transmitidas ao vivo pelo YouTube Oficial da Casa de Leis, Facebook e Canal 9 da NET Foto: Luciana Nassar

Foi aprovado pelo Plenário, na sessão ordinária desta quarta-feira (1º), em redação final, o Projeto de Lei 327/2021, do Poder Executivo, que concede reajuste linear de 10% no vencimento-base ou no subsídio que compõem a remuneração dos servidores públicos estaduais.

A matéria foi aprovada com Emenda Modificativa, que determina a aplicação do aumento aos vencimentos dos servidores de todos os Poderes. A proposta, que segue para sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), irá vigorar a partir de 1º de janeiro de 2022.

Segunda discussão

Dois projetos foram aprovados em segunda discussão e, como não receberam emendas, seguem para sanção do governo. O 159/2020, de autoria do deputado Jamilson Name (sem partido), assegura aos servidores públicos com deficiência visual o direito de receber os contracheques e comprovantes de rendimentos em formato acessível.

E o 343/2021, do Poder Executivo, autoriza a abertura de créditos suplementares durante o exercício de 2021, em mais 5%, passando o limite de 25% para 30% do total de despesa constante do Orçamento do Estado de Mato Grosso do Sul.

Primeira discussão

Por unanimidade, foi aprovado em primeira discussão, o Projeto de Lei 326/2021, do Poder Judiciário, que dispõe sobre a reorganização das serventias notariais e de registros nas comarcas de Aquidauana.

A proposta tem base na Resolução 80, de 9 de junho de 2009, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e aglutina o 1º, 2º e 3º Tabelionatos em um só, junto ainda com o Tabelionato de Protestos, e se chamará 1º Serviço Notarial e de Tabelionato de Protestos de Títulos.

Discussão única

Oito projetos foram votados em discussão única. Os Projetos de Resolução 74/2021, 76/2021, 77/2021, 79/2021, 78/2021 e 80/2021 concedem a Comenda do Mérito Legislativo, que será entregue em sessão solene no dia 9 de dezembro.

Projeto de Lei 276/2021, de autoria do deputado Amarildo Cruz (PT), declara de Utilidade Pública Estadual da Cooperativa de Produção e Prestação de Serviços Gerais de Porto Murtinho (COOPMUR).

E o Projeto de Decreto Legislativo 54/2021, da Mesa Diretora, aprova a indicação do nome de Iara Sônia Marchioretto para, em complementação de mandato, exercer o cargo de diretora de Regulação e Fiscalização – Área Saneamento Básico, da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan).

 

Por: Heloíse Gimenes
Artigo anteriorCampanha de Multivacinação termina com 41.092 crianças e adolescentes com vacinação atualizadas em MS
Próximo artigoHospital Regional de Amambai promove Campanha de Doação de Sangue no próximo dia 11

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui