Campeãs, jogadoras do Corinthians reforçam luta contra o preconceito

0
Staff Images Woman/CBF

O Corinthians conquistou neste domingo (26) seu terceiro título do Campeonato Brasileiro Feminino ao vencer o Palmeiras em Itaquera. A festa pela manutenção da hegemonia nacional foi aproveitada pelas jogadoras do Timão para reforçar o apoio à luta contra o preconceito. Lateral do Timão, Katiuscia levou ao gramado uma bandeira do arco-íris, símbolo da comunidade LGBTQIA+, em uma mensagem de respeito à diversidade no futebol.

 

Na Neo Química Arena, Kati explicou o que a motivou a levar a bandeira para a comemoração do título. “É uma luta diária para muitas pessoas. O Brasil é o país que mais mata pessoas LGBTQIA+, estamos aqui para mostrar que a gente está nessa luta juntas. Que a gente ama também, que tem que existir amor e respeito”, afirmou.

 

No gramado, Katiuscia posou para fotos com a bandeira. Em uma delas, esteve ao lado de Cacau, Ingryd e Pardal, em uma imagem que representa muito a mensagem dada pela lateral depois do jogo. “Esse é um time que respeita, e é isso. Tem que existir respeito. As pessoas têm que se respeitar e ter mais amor um pelo outro”, finalizou.

 

Além da bandeira do arco-íris, Katiuscia também exibiu a bandeira de São Vicente, sua cidade natal. Dentro de campo, ela foi titular na vitória do Corinthians sobre o Palmeiras por 3 a 1 que garantiu ao clube seu terceiro título nacional. Os gols do Timão foram marcados por Agustina (contra), Adriana e Vic Albuquerque. Camilinha descontou para o Verdão.

 

 

Fonte: CapitalNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui