Aprovado PL que proíbe autorização de cônjuge para método contraceptivo

0
Luciana Nassar

Nesta quinta-feira (23), os deputados estaduais apreciaram dois projetos, durante a Ordem do Dia. Em primeira discussão aprovaram por maioria o Projeto de Lei 227/2021, de Evander Vendramini (PP), que dispõe sobre a proibição de plano de saúde exigir consentimento do cônjuge ou companheiro para inserção de qualquer método contraceptivo, no âmbito do Estado.

 

“A gente fica constrangido de ter que legislar sobre essa causa, mas é necessário. Estamos no século 21, falamos tanto em liberdade e igualdade e uma mulher para definir se ela vai ter um filho ou não, depender da autorização do homem, é inconcebível. Uma mulher para poder se resguardar ter que pedir autorização é um absurdo e mais absurdo são os planos fazerem isso. Então essa lei vem fazer justiça às mulheres, para que saia da conversa e venha para prática”, argumentou o deputado Evander durante sessão virtual. A proposta segue para análise das comissões de mérito.

 

De acordo com a assessoria, em segunda discussão aprovaram o Projeto de Lei 260/2021, que autoriza o estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio do Poder Executivo Estadual, a doar o imóvel que especifica, com encargo, ao município de Fátima do Sul. Projeto segue para sanção governamental.

 

Serviço:

 

A votação das matérias acontece a partir do Plenário Deputado Júlio Maia e pode ser acompanhada ao vivo nos canais oficiais de comunicação da Casa de Leis – canal 9 da Claro Net TV, TV ALEMS, Youtube, Facebook, Rádio ALEMS e aplicativo Assembleia MS – (Android/iOS).

 

 

 

 

Fonte: AL.MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui