Mudança de Perspectiva, por Wanderson R. Monteiro

0

Infelizmente, a realidade brasileira é extremamente limitada em questões que envolvem projetos de vida e visões de mundo que vão além de nossa própria cultura e realidade que, muitas vezes, e em muitas localidades, ainda é influenciada, ou situada, no meio rural. A acomodação demonstrada por muitas pessoas em nosso país, levam muitos a não se esforçarem e darem o máximo de si para mudar sua realidade, e a da comunidade ao seu redor, e tudo isso é potencializado pela falta de engajamento e interesse de nossos governantes em apresentar à população novas possibilidades de vida, novos meios de crescer e se desenvolver, impedindo assim, não só o desenvolvimento individual mas, também, como consequência, o crescimento e desenvolvimento de todo o país.

Crescemos nesse meio, somos acostumados à ele, moldados por ele e, na grande maioria das vezes, não queremos empregar força e empenho para tentar mudar essa situação, assim, no máximo, encontramos uma maneira para, simplesmente, nos adaptar às novas realidades que se nos apresentam, por mais difíceis que elas sejam, pois, o esforço e empenho empregados para nos adaptar e acomodar à uma situação, mesmo que seja ruim, é bem menor que o esforço e o empenho que devem ser empregados para mudar a situação que nos aflige, mas precisamos mudar nossa perspectiva, nossa forma de enxergar e encarar as coisas, se queremos mudar a nossa realidade, e da sociedade que nos cerca.

Mas, em nosso país, na grande maioria das vezes nos faltam estímulos, inspirações, e bons exemplos, assim como meios e conhecimentos necessários para mudar a situação na qual nos encontramos. Assim, faz-se necessário uma mudança de perspectiva para não nos acomodar e adaptar a tristes realidades, mas buscar forças, estímulos e inspirações que venham de fora de nossa realidade brasileira, para que possamos voltar a pensar em algum tipo de futuro outra vez, um futuro que vá além do estilo de vida no qual vivemos e nos adaptamos, que foi passado de pai para filho, como se não existissem outras maneiras e meios de enxergar e viver a vida, além da pequena realidade que nos cerca.

Assim, para que possamos romper com a limitação de nossa cultura, faz-se necessário o acesso, conhecimento, e assimilação de novas ideias e visões de mundo, que venham de lugares melhores e mais desenvolvidos do que onde vivemos, e de pessoas que, de alguma forma, transformaram a si mesmas e sua comunidade, e até mesmo o mundo, através de seus conhecimentos e ações.
Logicamente, tudo isso não é fácil, mas é extremamente necessário se queremos ter em nosso país uma realidade e um futuro melhor do que a realidade na qual nos encontramos atualmente.

 

 

*Wanderson R. Monteiro
(Bacharel em Teologia)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui