São Paulo e Grêmio preparam faxina em seus elencos e 11 jogadores devem ser dispensados nos próximos meses

0
REPRODUÇÃO/PREMIERE - LUCAS UEBEL/GRÊMIO

O Campeonato Brasileiro começará o seu segundo turno na próxima semana, e São Paulo e Grêmio já não possuem qualquer aspiração de título. O clube do Morumbi está na décima segunda posição, com 22 pontos, enquanto o gaúcho sofre na luta contra o rebaixamento, ocupando o décimo oitavo lugar, com apenas 16 pontos.

Com poucas aspirações para o restante da temporada, os clubes já iniciaram uma reformulação em seus elencos e o ano de 2022 deve ter muitas mudanças. O São Paulo anunciou na última segunda (30/08), as contratações do atacante Calleri e do volante Gabriel Neves, no entanto, o clube deve dispensar algumas peças para conter gastos com a folha salarial.

O meia Benítez e os atacantes Galeano e Rojas estão com seus contratos se encerrando no final do ano e não deverão permanecer para a próxima temporada. Galeano e Benítez estão emprestados e o clube não deve exercer a compra dos atletas. Já Rojas foi muito pouco utilizado desde que se recuperou de lesão. Outro alvo do tricolor paulista é o lateral direito Daniel Alves. A diretoria prepara um acordo para quitar a dívida com o jogador e rescindir o seu contrato.

Já o Grêmio pretende aliviar sua folha em cerca de R$ 2 milhões e, para isso, já acertou a rescisão do meia Maicon, que ganhava R$ 650 mil, sendo um dos maiores salários do clube. Outros 6 atletas devem se despedir do Grêmio até o final do ano.

A barca gaúcha inclui os nomes de Diego Souza, Cortez, Rafinha, Victor Ferraz, Léo Pereira e Luiz Fernando. Até o fim da temporada, o clube deve juntar todas as suas forças para permanecer na Série A.

 

 

Fonte: radarsports.com

Artigo anteriorCPI: Randolfe quer saber quem fez acordo por argentinos em campo
Próximo artigoPF abre inquérito por possível falsidade ideológica de argentinos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui