Por final, Daniel Alves esquece vínculo com Espanha: “Tem um pedacinho do meu coração”

0

Nesta quinta-feira, Daniel concedeu uma entrevista coletiva visando a decisão do torneio de futebol dos Jogos de Tóquio contra a Espanha. O lateral-direito da Seleção Olímpica, que jogou por 13 anos no país europeu, por Sevilla e Barcelona, afirmou que será “muito especial” duelar com os espanhóis.

“Para mim, poder enfrentá-los é um grande prazer, uma grande honra. Estava até brincando com a galera aqui antes, eu tenho um pedacinho do meu coração na Espanha, minha segunda nacionalidade é espanhola. Poder enfrentá-los, por tudo que vivi e construí lá na minha carreira, na minha vida como pessoa e como profissional, é muito especial, tenho um carinho especial por esse país”, afirmou o atual jogador do São Paulo.

Porém, em seguida, Daniel Alves ressaltou que, quando se trata de uma competição, os vínculos são “esquecidos”.

“Se trata de jogar, de competir, e quando entra essa parte a gente esquece de todos os outros vínculos que a gente tem. A gente começa a focar naquilo que a gente veio fazer aqui, naquilo que a gente se preparou o tempo todo para conseguir executar”, disse o jogador.

Daniel Alves também elogiou a qualidade dos espanhóis, lembrando que pôde “comprovar de perto”.

“Esse é o nosso intuito, nossa preparação, respeitando o adversário, porque tem uma qualidade muito especial e muito diferente que eu pude comprovar de perto e desfrutar dela. Mas estamos aqui representando o Brasil, temos que estar bem preparado, porque vai ser um dia difícil de trabalho, porém é uma dia muito especial por se tratar de uma final olímpica”, destacou o lateral-direito.

Brasil e Espanha se enfrentam neste sábado, às 8h30 (de Brasília), no Estádio Internacional de Yokohama.

 

 

 

Fonte: Gazetaesportiva.net

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui