Seleção feminina enfrenta a Rússia em amistoso de preparação para as Olimpíadas

0
Marta em ação no último treino da seleção feminina antes do amistoso contra a Rússia — Foto: Richard Callis/SPP/CBF

A base do time já está pronta. Com dúvida em “uma ou duas posições”, como revelou na entrevista coletiva da véspera, a técnica Pia Sundhage tem a penúltima oportunidade de afinar os últimos detalhes da seleção brasileira feminina para as Olimpíadas de Tóquio no amistoso desta sexta-feira, às 16h (horário de Brasília), contra a Rússia, em Cartagena, na Espanha.

O amistoso tem transmissão ao vivo na TV Globo e em tempo real no ge

Depois da Rússia, o Brasil vai enfrentar o Canadá, segunda-feira, encerrando a fase de amistosos antes dos Jogos.

– Estes dois jogos são muito importantes. Honestamente, não sei em que nível estamos. Você pode imaginar nosso nível de competitividade em treinos, mas enfrentar a Rússia, em termos táticos, é muito importante para as jogadoras e também para a treinadora – explicou Pia Sundhage na coletiva de quinta-feira.

Após o último treino, Pia anunciou a escalação, com Andressinha no meio do campo, na vaga que foi por quase toda a preparação da volante Luana, que está fora dos Jogos devido a uma lesão grave no joelho sofrida em março. Na lateral-direita, posição que gerou mais dúvidas na treinadora, Letícia Santos volta à equipe após mais de um ano, depois de se recuperar da mesma lesão ligamentar que tirou Luana dos gramados.

A seleção foi escalada com Barbara, Letícia Santos, Bruna Benites, Rafaelle e Tamires; Andressinha, Formiga, Debinha e Marta; Bia Zaneratto e Ludmila. Para Pia, a hora é de dar entrosamento ao time titular, além de observar as opções do banco de reservas para fechar as 18 que vão a Tóquio.

– A gente ainda está um pouco em dúvida sobre uma ou duas posições. Se tudo for bem, teremos uma escalação similar contra a Rússia e contra o Canadá. O mais importante é quem vai vir do banco, porque essa vai ser a jogadora que vai mudar o estilo do jogo, e isso vai ser muito importante nas Olimpíadas. Teremos apenas dois dias entre os jogos nas Olimpíadas, é possível que alguém esteja cansada e a gente precise fazer mudanças, e talvez a gente queira fazer mudanças por razões táticas.

Na próxima sexta, Pia anunciará a lista de 18 convocadas, com quatro suplentes. Uma semana depois, a delegação viajará para Portland, nos Estados Unidos, onde ocorrerá a preparação final às Olimpíadas, buscando diminuir o impacto do fuso horário. A viagem de Portland para Tóquio será no dia 15 de julho e terá duração de 12 horas.

Fonte: Globo Esporte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui