Hulk marca de novo e Atlético-MG vence o Sport por 1 a 0 na Ilha do Retiro

0
Assessoria/Atlético-MG

Contratado a peso de ouro pelo Atlético-MG e com salário milionário – em torno de R$ 1,5 milhão -, o paraibano Hulk continua decidindo a favor do time mineiro. Ele marcou o gol da vitória sobre o Sport, por 1 a 0, neste domingo, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Esta foi a primeira vitória do Atlético-MG, que se reabilitou da derrota em casa para o Fortaleza, por 2 a 1. Com três pontos, ocupa a nona posição, enquanto que o Sport está em 13.º lugar com um ponto conquistado no empate por 2 a 2 com o Internacional, na primeira rodada, em Porto Alegre. O time vinha de uma série de 10 jogos invicto sob o comando do técnico Umberto Louzer.

Mas em campo, Hulk continua sendo o dono da bola. Em 10 jogos com a camisa do Atlético-MG, ele marcou 10 gols e deu quatro assistências, participando diretamente de 30% dos gols atleticanos nesta puxada temporada com Campeonato Mineiro, Copa Libertadores, Copa do Brasil e agora Brasileirão.

O jogo começou movimentado, com os dois times tocando a bola e tentando ganhar espaços. A primeira grande chance esteve do lado do Sport que acertou a trave num chute em diagonal de Marquinhos O goleiro Everson estava batido, mas deu sorte aos 11 minutos. Mas a resposta mineira foi fatal no minuto seguinte. Após troca de passes, Naracho deixou de calcanhar para Hulk na frente da área. Ele ajeitou e bateu forte com a perna esquerda.

Com a vantagem, o Atlético-MG ficou mais tranquilo em campo e controlou o jogo. Além disso, teve outras duas chances para ampliar o placar. Aos 29 minutos, em uma cabeçada de Nacho para fora e aos 37 minutos em um chute de fora da área que tirou tinta da trave direita.

O Sport, que já tinha perdido Thiago Neves aos 18 minutos com lesão muscular, voltou para o segundo tempo com duas mudanças. Trocas de atacantes. Saíram Marquinhos e Mikael, para as entradas, respectivamente, de Maxwell e André.

As mudanças, porém, não surtiram o efeito pretendido pelo técnico. Acontece que o Atlético-MG voltou com a marcação alta, empurrando o Sport pra seu campo defensivo. Com isso, a bola não chegava aos seus novos atacantes.

Com o controle total em campo, os atleticanos tocaram a bola sem pressa, diante de um Sport sem força ou qualidade técnica para reagir. O goleiro Everson não fez nenhuma defesa.

O técnico Cuca só fez suas trocas na parte final do jogo, exigindo ao máximo de seus titulares. Eles devem estar em campo para enfrentar o Remo, na próxima quinta-feira, às 19 horas, para garantir uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Em Belém, já venceu por 2 a 0, podendo agora perder até por um gol de diferença.

Pelo Brasileiro, o Atlético-MG fará no domingo, dia 13, outro jogo no Mineirão, desta vez diante do São Paulo, pela terceira rodada a partir das 16 horas. O Sport vai sair diante do Fortaleza, também domingo, porém um pouco mais tarde, a partir das 18h15 na Arena Castelão.

FICHA TÉCNICA

SPORT 0 x 1 ATLÉTICO-MG

SPORT – Mailson; Hayner, Raphael Thyere , Sabino e Júnior Tavares; Marcão Silva, Ricardinho (Tréllez) e Thiago Neves (Gustavo Oliveira); Marquinhos (Maxwell), Paulinho Moccelin (Patric) e Mikael (André). Técnico: Umberto Louzer.

ATLÉTICO-MG – Everson; Mariano, Igor Rabello, Réver e Dodô; Allan (Gabriel), Tchê Tchê, Naracho (Borerro), Nacho Fernández (Jair) e Hyoran (Marrony); Hulk. Técnico: Cuca.

GOL – Hulk, aos 12 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Gustavo Oliveira, Rafael Thyere e Marquinhos (Sport). Hyoran e Igor Rabello (Atlético-MG).

ÁRBITRO – Raphael Claus (Fifa-SP).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE).

 

 

Fonte: JornalDoConesul

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui