De MS, Fernando Rufino conquista o ouro na Copa do Mundo de Paracanoagem

0
    • Natural de Eldorado (MS), Fernando Rufino de Paulo ajudou o Brasil a conquistar, na manhã desta sexta-feira (14), a primeira medalha na etapa de Szeged, na Hungria, da Copa do Mundo de Canoagem Velocidade e Paracanoagem. O paratleta sul-mato-grossense, que tem apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), faturou o ouro na prova de 200 metros da classe VL2 masculino.

“Cowboy de Aço”, como é conhecido, já havia sido o mais rápido na etapa classificatória nesta quinta-feira (13), garantindo vaga direta à final, com tempo de 56s12. Valendo a medalha, Rufino terminou com a marca 54s28, 1s98 a menos que o segundo colocado, o português Norberto Mourão.

O paracanoísta de Mato Grosso do Sul volta às águas neste sábado (15), às 10h20 (horário de MS), em mais uma final da Copa do Mundo. Ele brigará por medalha na classe KL2 masculino e tem grandes chances de, mais uma vez, ser o campeão.

Fernando Rufino já está classificado para os Jogos Paralímpicos de Verão 2021, de Tóquio, no Japão, e levará as cores de Mato Grosso do Sul ao maior evento esportivo do mundo. Ele disputará os 200 metros no caiaque (KL2). O paratleta assegurou a vaga em 2019, após terminar em sexto lugar na mesma Copa do Mundo Paracanoagem, em Szeged, na Hungria.

“O Cowboy é motivo de muito orgulho e admiração, um exemplo de determinação no esporte. Sem dúvidas representará muito bem a seleção brasileira em Tóquio e vai trazer uma medalha para Mato Grosso do Sul, assim como já vem fazendo há alguns anos”, destaca o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda.

Fonte: acontecenaselviria.com.b

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui