Lei de MS que obriga presença de dentistas em UTIs é referência para outros Estados

0
Lei é de autoria do deputado Lidio Lopes Foto: Luciana Nassar

Em vigor desde 2018, a Lei 5.163 obriga a presença de profissionais de Odontologia na equipe multiprofissional das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), em todos os hospitais públicos ou privados de Mato Grosso do Sul, para os cuidados da saúde bucal dos pacientes. Recentemente, vários veículos de comunicação destacaram a iniciativa que tem diminuído os casos de pneumonia relacionados à ventilação mecânica.

Na sessão desta quarta-feira (28), o parlamentar destacou a importância de um especialista bucomaxilo nas UTIs, como forma de salvar vidas e acelerar a rotatividade dos leitos, uma vez que o paciente pode receber alta mais rápido. “É uma honra ver nossa lei sendo citada em vários veículos, isso significa que está sendo de fato efetiva à população”, ressaltou.

Conforme a norma, o atendimento deve ser voltado para a prevenção e emergência. O parlamentar afirmou ainda que o paciente em estado crítico requer cuidado especializado e multidisciplinar, com monitoramento 24 horas, sendo necessários os cuidados com a boca durante toda a permanência na unidade.

Por: Heloíse Gimenes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui