TSE quer trocar urnas por voto no celular e Amazon se candidata para realizar projeto

0
Imagem ilustrativa.(Divulgação/TSE)

Imagem ilustrativa.(Divulgação/TSE)

Em futuro não muito distante, os brasileiros poderão deixar de utilizar as urnas eletrônica na hora de escolherem seus candidatos nas eleições e realizar o voto pelo computador ou até mesmo através do celular.

A possibilidade já está sendo estudada pelo  (Tribunal Superior Eleitoral) que lançou um edital no dia 28 de setembro, ao todo, 31 empresas manifestaram interesse em desenvolver uma tecnologia com esse fim.

As empresas inscritas são de diferentes segmentos e portes: indo desde startups a gigantes como Amazon e IBM, conforme publicado no portal UOL.

 exigiu que as tecnologias apresentadas preencham três requisitos: Identificação do eleitor por biometria digital ou facial; Sigilo de voto; Mecanismos de auditoria.

A ideia é demonstrar a novidade já nestas eleições. Juiz auxiliar da presidência do  e coordenador do projeto  do Futuro, Sandro Vieira diz que três cidades brasileiras terão votação online, com candidatos fictícios, já no primeiro turno destas eleições, marcadas para 15 de novembro.

Os colégios eleitorais que experimentarão a tecnologia ficam nas cidades de São Paulo, Curitiba e Valparaíso de Goiás (GO).

“No dia da eleição, três empresas montarão estandes em cada local de votação. O eleitor que quiser participar da simulação receberá as orientações para votar”, diz Vieira. “O  acompanhará os resultados”.

 

Fonte: MidiaMax

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui