Com pandemia, presidente do Operário sugere fase final do Estadual para janeiro de 2021

0
(De arquivo | Divulgação/Operário FC)

Na visão de Estevão Petrallás, clubes sul-mato-grossenses não possuem estruturas para seguir o protocolo da CBF

A FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) estabeleceu um prazo inicial para tentar retomar o campeonato. De acordo com o presidente da federação, Francisco Cezário, a retomada aconteceria no mês de novembro com os treinos sendo marcados para o dia 15 e a competição para o dia 29

“Talvez até lá nós temos condição de liberar torcida, de atender mais a questão da saúde dos atletas, de repente arrumar uma parceira. Quem sabe um dia a prefeitura olha no sentido de temos o cuidado de poderem desinfetar as sedes, os locais de frequência de atletas e comissão técnica”, explicou.

Porém, Petrallás acredita que a federação não vai tomar nenhuma decisão concreta até ouvir os clubes sul-mato-grossenses. Na visão do presidente do Operário, os finalistas vão se manifestar sobre o cenário e crê na negativa para retomar o futebol neste ano.

“Os clubes não tem a mínima estrutura para seguir o protocolo colocado pela CBF. O isolamento de atletas, no refeitório com acrílico e separando cada um com seu material individual, isso a gente não consegue”, opina. O mandatário ainda acrescenta que mesmo que a FFMS auxilie nos testes para o coronavírus não será suficiente.

Artigo anteriorBrasil registra 3,3 milhões de casos e 107,2 mil mortes por covid-19
Próximo artigoBoletim Coronavírus em Mundo novo atualizado neste domingo (16)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui