Gerson e empresário italiano brigam por validade de contrato; ação vai parar na CBF

0
Crédito da foto: Thiago Ribeiro/AGIF/AFP

Nome mais badalado do Flamengo no mercado, Gerson deve ser alvo de times europeus na janela. Só que o assunto que mais chama atenção ligado ao jogador é uma ação na CBF que definirá a relação do meio-campista com um empresário italiano. A informação foi divulgada pelo globoesporte.com.

Federico Pastorello, que busca direitos de participação em novas transações envolvendo o camisa 8 rubro-negro, pretende fazer valer um contrato que tinha com Gerson no passado. Gerson e Marcão, seu pai, entraram com uma notificação na Câmara Nacional de Resolução de Litígio (CNRD) na CBF pedindo nulidade do documento.

A principal alegação do meio-campista é de que Pastorello não tinha licença para atuar no Brasil no ato da assinatura. A empresa, por outro lado, argumenta na ação requerendo a validação do contrato e exigindo participação em qualquer venda.

A empresa P&P Sport Management, de Pastorello, tem Romelu Lukaku como principal nome no agenciamento. Gerson é representando pelo seu pai, Marcão, que é muito ligado a Neymar Pai. No entanto a parceria nunca foi oficializada.

No início do mês, o FOX Sports trouxe a informação de que Borussia Dortmund e Chelsea devem fazer propostas que giram em torno de 35 milhões de euros, cerca de R$ 205 milhões na cotação atual. Gerson foi comprado por 11,8 milhões de euros, mas com uma cotação mais baixa da moeda europeia.

 

Fonte: FoxSports

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui