Com Selic no menor nível histórico e volatilidade do mercado, imóvel é opção de investimento seguro

0

Com mais uma redução na taxa básica de juros  do País, a Selic, agora a 2,25%, menor patamar histórico, na esteira da pandemia de COVID-19, que abalou a Bolsa de Valores, chegando a causar perdas de 50% em poucos dias, o cenário é ideal para quem quer investir na compra de imóveis. Embora a recomendação geral quanto ações seja de “compre na baixa e venda na alta”, o sinal se mantém vermelho diante da possibilidade de que algumas companhias não resistam ao processo de crise.

Em Campo Grande, a HVM Incorporadora segue com cronogramas firmes para entrega de seus empreendimentos. Além de agregar funcionalidade e tecnologia em seus empreendimentos, a HVM acredita no potencial do mercado, mas também está atenta ao que o cliente e investidor procura. O último lançamento, no dia 04/06, foi o NEO – Vivendas do Bosque, o segundo em menos de um ano. O condomínio traz um conceito inovador e exclusivo, com apenas 24 apartamentos, próximo ao Parque das Nações Indígenas. Com três opções de tamanhos, 110m², 123m² e 183m², os apartamentos têm até cinco opções de planta, incluindo a PCD, para pessoas com deficiência. “Existe uma busca por se estar próximo à natureza e este empreendimento tem características únicas, além de ser perto do Parque das Nações Indígenas. Seguimos acreditando, nossa economia está bastante atrelada ao agronegócio que continua aquecido”, avalia o diretor executivo da HVM Incorporadora, Rodolfo Luiz Holsback.

Com a pandemia, os proprietários de casas ou apartamentos saem na vantagem diante daqueles que têm dinheiro investido, conforme explicou em entrevista recente o diretor de relações institucionais da PROTESTE, Henrique Lian.  “Quem aluga está em situação melhor do que quem tem dinheiro no banco. A maioria dos investimentos está rendendo muito pouco ou até tendo rendimento negativo.”

Desta forma, a Incorporadora apresenta diferentes opções para os investidores, projetos únicos com características individuais, criados para públicos diferentes para proporcionar ao morador vida com qualidade. E mesmo neste momento, ousa em lançar mais um empreendimento que proporciona uma segurança na alocação do recurso e possibilidade de ganhos com fluxo de pagamento diferenciado.

Empreendimentos – Na reta final de construção, o Vertigo Premium Studios será o prédio mais alto do MS, com 35 andares e possibilidade de plantas variadas, conforme necessidade do morador. Há opções duplex e penthouses, com piscinas privativas. Os apartamentos variam de 46m² a 139m².

Já o edifício Três Meia Zero – Jardim dos Estados oferece apartamentos com espaços entre 42m² a 130m², aliando os conceitos de qualidade de vida contemporânea como localização, segurança, conforto, funcionalidade, beleza, flexibilidade e sustentabilidade, proporcionando uma experiência inédita em alto padrão.

O NEO – Vivendas do Bosque inova no conceito de condomínios verticais por sua exclusividade. Com ambientes compartilhados, para que o morador tenha tudo ao seu alcance. Alguns destaques são o coworking, pet park, brinquedoteca e playground. Além de facilidades como ferramentaria e lavanderia para uso dos moradores. A piscina, de borda infinita, tem vista panorâmica da cidade. E o empreendimento ainda possui dois espaços gourmet, sendo um no térreo e o outro no rooftop.

Sobre a HVM – A HVM Incorporadora é uma empresa sul-mato-grossense que atua há 9 anos no mercado imobiliário, com certificações pela qualidade e sustentabilidade de seus projetos (• ISO 9001-2015 • PBQP-H • Em processo o SELO AQUA pelo Vertigo Premium Studios).

Serviço – A Central de Decorados fica na Rua Prof. Luís Alexandre de Oliveira (Via Park), 415. Vivenda do Bosque. O horário de atendimento é das 9h às 17h, de segunda-feira a sábado.

Saiba mais sobre os empreendimentos no site: www.hvm.com.br ou pelos telefones: (67) 3378-3400 | (67) 99809-9659.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui