Homem é acusado de submeter idoso a trabalho escravo em Mundo Novo

0
Imagem: Divulgação Polícia Civil

Na tarde de terça-feira (09), a Polícia Civil de Mundo Novo prendeu em flagrante um homem de 47 anos na zona rural do município. A ação policial ocorreu após denúncias anônimas recebidas pelo “disque 100”. Na oportunidade, os investigadores compareceram a uma propriedade rural localizada no município de Mundo Novo, local onde constataram que um idoso, com 81 anos, era submetido a condições degradantes de trabalho. Conforme apurado, o idoso trabalhava há 12 anos na propriedade, mas nunca recebeu nenhum salário pelos serviços prestados, sendo apenas alimentado pelo empregador.

Os investigadores ainda constataram que o idoso residia em uma espécie de “barraco”, que não contava com banheiro ou sequer água encanada, bem como que o empregador, retinha os proventos de sua aposentadoria, sendo encontrados na posse do investigado, além de documentos do idoso, cartão do benefício, que era sacado mensalmente, sem o conhecimento do idoso. O idoso disse que foi informado pelo investigado que sua aposentadoria estava suspensa há alguns anos.

Por fim os investigadores ainda localizaram na residência do investigado, uma arma do tipo espingarda, calibre 32, bem como 12 cartuchos.

Tendo em vista o crime previsto no art. 149 do Código Penal (redução a condição análoga à de escravo) ser de competência da Justiça Federal, o investigado foi encaminhado para a Polícia Federal de Naviraí-MS, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante. Além do crime citado, o investigado deve responder por posse irregular de arma de fogo, bem como crime de apropriação de proventos de idoso, previsto no estatuto do idoso.

A assistência social do município foi acionada e acolheu a vítima.

Oferecimento: Security Alarmes e Monitoramento – 3474-3058

TvSobrinho com informações da Polícia Civil

*Título editado às 12:19 horas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui