Bebê de 8 meses é uma das mortes por H1N1 no estado

0
Banner: SES

Entre os oito óbitos por gripe este ano em Mato Grosso do Sul há um bebê de 8 meses de idade. O menino, de Coxim, segundo informações da SES, (Secretaria de Estado de Saúde) tinha asma, diabetes e imunodepressão e morreu no último dia 6 de abril.

Todas as mortes ocorreram entre os dias 24 de março e 8 de abril. No primeiro boletim de Influenza do ano, divulgado pela SES em 20 de março, não contabilizava nenhum óbito pela doença no Estado e mostrava 116 casos notificados.

O boletim mais recente não traz esse dado, mas informa, conforme publicou mais cedo o Campo Grande News, os 832 casos de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) registrados este ano.

Pelos dados da publicação, a segunda vítima mais jovem da doença é de Campo Grande. Uma mulher de 41 anos que apresentava doença cardiovascular crônica e imunodeficiência. O óbito foi registrado no último dia 8 de abril.

Ainda em Campo Grande, dois homens de 82 anos morreram de Influenza, um em 24 de março e o outro no dia seguinte. O primeiro tinha doença cardiovascular crônica e o segundo, doença neurológica crônica e também asma.

O quarto óbito na Capital foi de uma idosa de 89 anos que tinha doença renal crônica, diabetes, doença neurológica crônica e ainda hipertensão arterial. O óbito ocorreu no dia 31 de março.

Outras duas mortes pela doença ocorreram em Corumbá, onde morreram duas mulheres de 66 anos, uma no dia 27 de março e outra em 5 de abril. Uma delas tinha câncer, mas a outra, conforme o boletim, não apresentava nenhuma cormobidade.

Por fim, a oitava morte por gripe foi de uma senhora de 68 anos de idade por Influenza B no dia 1º de abril em Ponta Porã. Além de idosa, ela tinha doenças cardiovascular e hepática crônicas.

 

Fonte: Campograndenews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui