Sairemos melhores?

0
Foto: Oficina da Filosofia

Só sei que devemos sair seres humanos melhores depois dessa pandemia mental chamada coronavírus.

Não sei se o tempo nos absorverá novamente e a reflexão deste período – que cada um de nós, trancado e aproveitando a valorizar todos os detalhes do nosso cotidiano – ficará como uma vaga lembrança. Se isto acontecer, será uma terrível realidade que a raça humana está mesma fadada ao fracasso.

Como, apesar de extremamente realista e cético, não me considero um pessimista, tenho esperança de que mudanças acontecerão. Não de forma geral, na sociedade, mas, pelo menos, em uma parte dela.

Quero fazer parte desta parte e valorizar mais um beijo, um abraço, um aperto de mão. Um carinho em casa, no trabalho ou na rua. De que somos todos parte do mesmo time. O time do planeta Terra.

O que escrevo não é a invenção da roda. E nem é o novo (como diria Belchior). Mas pode sim ser o nosso novo, não na teoria (quantos já não escreveram algo similar). Afinal, Amar e Mudar as Coisas nos interessa mais!

Jandaia Caetano, 42 anos, pai, marido, filho… 17h24… 29/03/2020 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui