Bolsonaro escala General Mourão para combater desmatamento na Amazônia

0

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira, 21, pelas suas contas nas redes sociais, a criação de um novo órgão, o Conselho da Amazônia. Segundo a publicação, o objetivo do colegiado é coordenar as diversas ações em cada ministério voltadas para a proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da Amazônia. A responsabilidade de coordenação, segundo Bolsonaro, ficaria com o vice-presidente, Hamilton Mourão.

Bolsonaro passou a manhã desta terça reunido com Mourão e ministros, na reunião semanal do Conselho de Governo, que acontece às terças-feiras no Palácio da Alvorada. Este foi o primeiro encontro do grupo em 2020. A publicação nas redes também anuncia a criação da Força Nacional Ambiental para proteção do meio ambiente da Amazônia.

O anúncio ocorre após o governo brasileiro, e o próprio Bolsonaro, serem alvos de críticas, inclusive internacionais, pela atuação na área ambiental.

“Determinei a criação do Conselho da Amazônia, a ser coordenado pelo Vice Presidente @GeneralMourao, utilizando sua própria estrutura, e que terá por objetivo coordenar as diversas ações em cada ministério voltadas p/ a proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da Amazônia”, escreveu o presidente da República.

“Dentre outras medidas determinadas está também a criação de uma Força Nacional Ambiental, à semelhança da Força Nacional de Segurança Pública, voltada à proteção do meio ambiente da Amazônia”, acrescentou.

Jair Bolsonaro, porém, não detalhou quantos e quais homens vão compor essa Força Nacional para a área ambiental, nem de onde virão os recursos para viabilizar a sua operação.

Fonte: AgênciaBrasil

Artigo anteriorTempo aberto permite evolução no trabalho para asfalto no Universitário
Próximo artigoChefe do crime organizado da fronteira passa por audiência de custódia em Dourados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui