Amambai está em estado de alerta contra a dengue

0

Após 18 notificações durante os primeiros 15 dias de 2020, a Prefeitura de Amambai, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e do Controle de Vetores, decretou estado de alerta contra a dengue no município.

Desassistido do veneno anteriormente utilizado como inseticida e com as grandes taxas da doença no Estado e no país vizinho, Paraguai, é necessário que toda a população esteja atenta ao combate do mosquito Aedes Aegypti.

Desde o final de 2019, teve início uma ação emergencial que atendeu todas as residências do município, retirando até mesmo lixo de dentro do quintal dos munícipes. Neste momento, os agentes de endemias estão visitando a última região, localizada na vila Limeira, porém é de extrema necessidade que os próprios moradores cuidem para que o ambiente continue limpo.

Segundo a secretária de Saúde, Dirlene Zanetti, cada cidadão precisa fazer a sua parte, cuidando de sua residência e de seu terreno, para que nossa cidade não passe por uma epidemia. “Com as condições climáticas atuais, os mosquitos levam ainda menos tempo para se proliferar, ajude-nos a cuidar dos nossos amigos, vizinhos e familiares, não temos suporte para lidar com um surto”, pediu.

Dengue no Brasil

Em todo o ano de 2019 (dados preliminares) foram registrados 1.544.987 casos prováveis de dengue, um aumento de 488,3% se comparado com 2018, quando foram registrados 262.594 casos da doença. Já em relação às mortes, houve aumento de 289% nos dados de 2019 (782) com 2018 (201).

São medidas simples a serem adotadas, porém, eficientes, como manter bem tampado tonéis, caixas e barris de água; trocar água dos vasos de planta uma vez por semana; manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo; e acondicionar pneus em locais cobertos.

A dengue é uma doença sazonal, com maior ocorrência dos casos no verão, período quente e chuvoso, propício para a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Embora a circulação da doença seja dinâmica, podendo mudar em pouco tempo, o Ministério da Saúde alerta sobre o possível aumento de casos da doença em 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui