Governo cria Comitê e inicia atendimento às reivindicações recebidas no Governo Presente

0

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul publicou, nesta semana, o decreto N° 1.765, instituindo a criação do “Comitê Estadual do Governo Presente”. A medida tem como objetivo definir, avaliar e gerenciar as demandas, metas e as execuções de obras e investimentos relacionadas ao programa que serão desenvolvidas nos municípios nos próximos três anos.

O Comitê dá prosseguimento ao trabalho, executado entre os meses de setembro e novembro de 2019, em que o governador e secretários de estado reuniram-se com os representantes das 79 cidades de MS para ouvir as demandas das lideranças e compreender quais áreas e investimentos são prioritários, com benefícios imediatos para a população.

“Pensar na gestão e na eficiência passa por ponto muito importante: saber ouvir. Pensando nisso realizamos o Governo Presente. Trabalhando em conjunto somos mais eficientes e promovemos o crescimento e melhorias que trarão benefícios à população”, explicou o secretário de Governo, Eduardo Riedel.

No decreto, fica estipulado que a coordenação do Comitê Estadual ficará a cargo da Segov e será constituído por quinze membros representantes das secretarias de Governo, Educação, Saúde, Justiça, Meio Ambiente e Agricultura, gabinete do governador, escritório de Gestão Política e Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos.

Para Riedel, os caminhos que se abrem para o processo de desenvolvimento e modernização de Mato Grosso do Sul passam pelo planejamento, parcerias e o diálogo constante do Governo com todas as cidades do Estado.

“Estamos finalizando a catalogação de todos esses investimentos e definindo orçamento para um pacote de ações que será anunciado em março de 2020. Este planejamento é fundamental para que possamos focar naquilo que é prioritário para cada região até 2022. As ações, definidas em conjunto com vereadores e prefeitos, incluem projetos de infraestrutura urbana, de desenvolvimento regional e melhoria das condições de acesso, dentre outros pedidos”, explicou Riedel.

Nesta semana, o Governo já iniciou as devolutivas dos pedidos realizados pelos prefeitos de Alcinópolis, Bandeirantes, Cassilândia e Corguinho, projetando novos investimentos e reforçando o compromisso com a população da região.

Assessoria de Comunicação – Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov)

Foto: Chico Ribeiro

Artigo anteriorPrefeito Dr. Bandeira encaminha projeto de Lei que incentiva desenvolvimento de Amambai
Próximo artigoPrefeitura de Amambai inaugurou reforma do Posto de Saúde da Vila Limeira Rosa Maria Osorski

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui