Justiça libera envolvidos em confusão com PM, mas determina tratamento em Caps

0
Morador registra confusão entre policial e jovem (Foto: Direto das Ruas)

Os dois envolvidos em confusão com o filho de um sargento lotado no TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) passaram por audiência de custódia, foram colocados em liberdade, mas com restrições, entre elas que o jovem passe a frequentar o Caps (Centro de Atenção Psicossocial).

O caso ocorreu na tarde de terça-feira (26) em Campo Grande. Lucas Lima da Silva, de 20 anos, e o avô, Nilton Paneagua Lima, de 70 anos, foram presos.

Além do tratamento condicionado ao jovem, os dois devem comparecer em juízo a cada dois meses para comprovar endereço, estão proibidos de frequentar bares e casas de jogos, proibição de manter contato com o policial e devendo manter distância de 300 metros.

A dupla também está proibida de se ausentar da cidade por mais de 30 dias e permanecer em domicílio em dias de folga e das 20h às 6h em dias de semana.

Lucas e o avô irão responder pelos crimes de lesão corporal dolosa, disparo de arma de fogo e posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito

Fonte: campograndenews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui