Cooperativa espera Bolsonaro para inaugurar indústrias de R$ 750 milhões

0
Indústrias de processamento de soja e refinaria de óleo da Coamo, construídas em Dourados (Foto: Divulgação)
A cooperativa paranaense Coamo espera a presença do presidente Jair Bolsonaro na inauguração das indústrias de processamento de soja e de refino de óleo de soja, em fase final de construção em Dourados, a 233 km de Campo Grande. A planta industrial está sendo instalada na margem da BR-163, na saída para Caarapó.

A Coamo investe R$ 750 milhões na construção das duas indústrias vai gerar 300 empregos diretos. A obra foi lançada em dezembro de 2016, mas a construção só começou em agosto do ano seguinte.

Gallassini disse hoje que a indústria vai processar 15 milhões de sacas de soja por ano. A capacidade de processamento da indústria de esmagamento é de três mil toneladas de soja por dia, enquanto a produção de óleo é de 720 toneladas/dia.

O sistema de armazenamento de grãos tem capacidade para absorver 81 carretas bitrem por hora. A planta inclui posto de combustível para abastecer exclusivamente os veículos próprios e subestação de energia elétrica instalada em ambiente fechado.

Fundada em 1970 por agricultores paranaenses, a Coamo conta com 118 unidades em 68 municípios do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. Recebe a produção agrícola de quase 30 mil associados. Em Mato Grosso do Sul, possui 13 entrepostos para compra e armazenamento de grãos.

Durante a reunião desta quinta, a prefeitura apresentou projeto que está sendo elaborado para construção de estrada 6,59 km ligando o Distrito Industrial até a BR 163, perto da indústria em fase final de implantação.

A rodovia fará parte do anel viário sul, com 39,75 km, também em fase de projeto. Segundo a prefeitura, só a seção sul, de 6,59 km, foi orçada R$ 3,9 milhões.

Fonte: Campograndenews

Artigo anteriorCBF “enxuga” Brasileiro da Série D e time de MS terá que disputar seletiva
Próximo artigoEstado já tem 42 casos de sarampo em investigação, três deles em bebês

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui