Mundo Novo, Guaíra e Salto del Guayrá querem chamar à atenção de autoridades para a necessidade de ação conjunta na Fronteira

0

Movimento que ocorreria nesta sexta (04), foi adiado para o dia 15

Nesta sexta-feira (04), o Comitê Interfronteiriço – envolvendo Mundo Novo, Guaíra e Salto del Guayrá – tinha programado ação simbólica de vacinação conjunta na linha seca Brasil/Paraguay, logo após a Receita Federal em Mundo Novo (MS).

Com barracas e equipes de Saúde dos três municípios, a intenção seria chamar a atenção de autoridades estaduais e federais, de seus respectivos países e estados, para a necessidade de ações eficazes em conjunto na fronteira.

Um exemplo é a vacinação. Doenças como a febre amarela e o sarampo, consideradas erradicadas, voltaram a assustar a população brasileira e paraguaia. Diante do grande fluxo de pessoas na fronteira, é necessária atitude integrada para resultados efetivos.

O grande sonho do Comitê é a construção de um hospital regional, com apoio da Itaipu Binacional, a exemplo do que ocorre em Foz do Iguaçu.

Texto: Jandaia Caetano (editado às 11h20 – horário MS)
Banner: Reprodução Jornal O Liberal

#PraCegoVer – Imagem de ação integrada na Fronteira, com um logo de vacinação ao centro, com alusão as bandeiras de Brasil e Paraguay ao lado e a indicação do dia; Abaixo, escudos das prefeituras de Mundo Novo, Guaíra e Salto, além dos estados de Mato grosso do sul, Paraná e Canindeyú.

Artigo anteriorEmpresários inauguram Bambu Garagem em Amambai nesta sexta-feira
Próximo artigoRodada desta noite do Suíço em Mundo Novo muda de local e definirá mais três classificados para as Quartas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui