Prefeitura entregou escrituras de terrenos a moradores da vila Guape

0

A Prefeitura de Amambai, através da Secretaria Municipal de Cidade, realizou na noite desta terça-feira, 24 de setembro, a entrega de escrituras de terrenos para 41 moradores da vila Guape. O evento fez parte da programação do aniversário de 71 anos de emancipação político-administrativa do município.

Por muitos anos, a regularização dos terrenos da região foi requisitada, porém a burocracia exigida tornava tudo mais difícil. Foi necessário um trabalho árduo da secretaria junto aos moradores para que este projeto se tornasse realidade.

Para o presidente da Associação de Moradores, Joaquim Francisco de Oliveira, esse é um sonho de muita gente que a administração está realizando. “Há mais de 30 anos, quando eu nem morava aqui vocês já lutavam por isso e agora, graças ao prefeito e aos envolvidos, vão poder realizar o que tanto almejaram”, disse ele.

David Nicoline, secretário de Cidade, afirmou que via as pessoas desacreditadas após tanto tempo esperando, mas que recebeu a determinação do prefeito de trazer resultados, não promessas. “Estamos avançando, este é um grande passo, nessa legalização você ganham o documento sem despesa de cartório, uma economia de quase R$ 4 mil, hoje recebem muito mais que a matrícula do terreno, vocês se tornam donos do que tanto esperaram para possuir”, disse.

O prefeito de Amambai, Edinaldo Luiz de Melo Bandeira, explica que após 44 anos desde a criação do loteamento chegou à oportunidade de fazer a entrega dessas 41 escrituras, sendo que já foram entregues 16 e que ainda estão prontos mais 15 registros. “Só é dono quem registra, por isso hoje estamos aqui realizando esse sonho, prova do nosso foco, determinação e sintonia nos trabalhos com a câmara e com o Governo do Estado. Sejam muito felizes, aproveitem este título e façam os investimentos necessários dentro de suas possibilidades, hoje esses imóveis são realmente de vocês”, concluiu o prefeito.

Receberam seus títulos os moradores: Arlite Escobar da Silva, Aline Fernandes Antunes, Vilson José Bonfin, Nicolau Tolentino de Oliveira Casal, Leandra Aparecida da Cruz, Cassimiro Nunes, José de Oliveira Vieira, Marina Echeverria, Delidio Santos de Ávila, Donaria Guiomar Antunes Lescano, Ecléia Alves de Carvalho, Rosangela Shabo dos Santos, Ismael Moreira Tavares, Maria Helena Moreira de Souza Lescano, Maria do Socorro de Oliveira, Maria Aparecidade Loreiro Tavares, Darci Lima da Costa, Francisco Lescano, Jurandi Barbosa de Souza, Elvis Miguel Calistro, Ildo Rossi, Joel Souza da Silva, Laudelina Rosa de Lima, Maria Rosa Benites, Maristela Benites, Vitoria Rosa dos Campos, Simone Aparecida Escobar Lopes, Cicero Augusto Escobar Lopes, Carmem Medina dos Santos, Jose Carlos Moreira de Souza, Aparecida Zanata Manfré, Aparecida Muller da S. dos Santos, Orlei de Souza, Divino Adelmo Dias Roque, Adriana Lidner, Carlos Conrado Gonçalves, Roseli Padilha Cardoso, Marcio Roberto Zonta, Jadson Grimaldo B. Pinto, Marilza da Silva Ribas e Onelio Junior Dorneles Lima.

Artigo anteriorCongresso promulga PEC que libera megaleilão do pré-sal e agrada prefeitos
Próximo artigoConselho Municipal de Políticas Sobre Drogas reuniu conselheiros, agentes e técnicos para palestra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui